For my international friends

quinta-feira, 12 de julho de 2012

aniversário Lukas - Weimar

Nosso primeiro dia de viagem foi a sexta-feira. Pegamos o trem logo cedo de manha em direcao à Thüringen (um dos estados alemães). Nós sempre viajamos de trem regional, por isso demoramos mais pra chegar, mas vale muito mais a pena, tanto pelo preço quanto pelas paisagens, gostamos de viajar apreciando a vista. Como ponto fixo escolhi Erfurt, a capital do estado, e de lá faríamos os passeios para as outras cidades planejadas. Enquanto pesquisava sobre as cidades que queríamos conhecer por lá percebi que de acordo com os nossos gostos a cidade de Weimar não era assim taaao importante pra nós e que seria mais negócio deixar um dia inteiro pra visitar Erfurt com suas inúmeras igrejas em vez de fazer isso com Weimar. Por isso, e também pra aproveitar que já teríamos o ticket do trem valendo pro dia inteiro, assim que chegamos em Erfurt largamos nossas malas no hotel, voltamos pra estacão de trem e ainda continuamos a viagem até Weimar (que fica só 15 minutos de trem de Erfurt).

Weimar Hauptbahnhof
Weimar é uma cidade bastante famosa por seu legado cultural. Especialmente pelo denominado Weimarer Klassic (Classicismo de Weimar) representado pelo quarteto Goethe, Schiller, Wieland e Herder. Também foi aqui que foi criada a Bauhaus (escola de design, artes plásticas e arquitetura) e onde em 1919 foi fundada a primeira república alemã, conhecida como Weimarer Republik 
Bauhaus Museum

O nome significaria algo como "Santo lago/pântano", que veio mudando ao longo do anos de Wimares, Wimari e Wimar até chegar ao atual Weimar. A história dessa cidade começa por volta de 899, ano em que as mais antigas informacoes escritas sobre a cidade podem ser comprovadas. Entretanto a verdadeira fundacao da cidade é reconhecida através da carta do rei Otto II de 975, que menciona o povoado do castelo de Weimar. Também é sabido que entre 946 e 1346 Weimar existia como Condado e tinha autonomia política.
Theaterplatz com a estátua de Goethe e Schiller
Ao final do século XV Weimar passou a pertencer à dinastia Wettin e em 1485 abrigou a residência secundária dessa dinastia alema. As fortificacoes do castelo foram nessa época estendidas à toda a cidade, de forma que uma muralha dupla foi construída. Em 1552 Weimar foi nomeada capital do ducado de Sachsen-Weimar. Esse título dado pelo ex-Kurfürst (gente nao me perguntem a traducao correta desses títulos dos nobres porque eu nem sei se em portugues existem nomes pra todos eles, assim como os nomes das cidade vou comecar a deixar isso em alemao também!) Johann Friedrich foi mantido até o ano de 1918.
Stadtschloss
Mas a maior importância a cidade alcancou no século XVIII, devido ao incentivo cultural dado por Anna Amalia e a presenca de artistas importantes como Goethe e Schiller. A importância cultural foi gigantesca e fez da outrora tranquila pequena cidade um centro de renome mundial em educacao e cultura. Mais um ano importante na história da cidade foi o de 1919 quando na pequena cidade às margens do Ilm se reuniu numa assembléia nacional onde foi votada a Constituicao de Weimar. O que se seguiu foi a República de Weimar (1919 à 1933). No ano 1920 Weimar passou a ser a capital do estado de Thüringen
Goethes Haus - Goethe Nationalmuseum

A história cultural atraiu também a atencao dos nazistas. Houve ampla reformulacao da cidade e novos projetos. O ano 1937 marcou o início dos anos mais "escuros" de Weimar, foi construído o campo de concentracao Buchenwald. Após a época do nazismo, na qual cerca de 56.000 pessoas perderam suas vidas no Buchenwald, o governo militar soviético ainda autilizou o campo como campo de internamento.
Platz der Demokratie com Anna Amalia Bibliothek à esquerda e
antigo Fürstenhaus, atual  Hochschule für Musik, à esquerda

No ano 1998 o Classicismo de Weimar, o Arquivo Goethe-Schiller e a Bauhaus foram listados como Patrimônio Mundial da UNESCO. Infelizmente no ano de 2004 um grande fogo destruiu parte do acervo da Biblioteca Anna Amalia. Cerca de 50.000 livros, colecoes de música e pinturas foram perdidas.
Schillers Haus - Schiller Museum
Para aqueles que se interessam por Bauhaus, Schiller, Goethe e tantos outros existem diversos museus espalhados pela cidade. Como disse lá no comeco, nao é muito a nossa praia, por isso optamos só por um passeio básico pela cidade, sem entrar em lugar nenhum. Mas acredito que pra quem se interesse, opcoes é que nao faltam!
o rio Ilm
Pra mim foi bem gostoso passear por lá. Logo que saímos da Bahnhof e rumamos ao centro e tive a impressao de que nao veria viva alma naquela cidade. A rua logo em frente à Bahnhof estava praticamente deserta, foi delicioso passear por ali. Penamos é pra achar as informacoes turísticas (PIT). Porque eu sempre sou prevenida e imprimo um mapinha básico em casa e procuro o endereco das informacoes turísticas pra comprar nossos ímas de lembrancinhas e pegar/comprar um mapa. Depois da rua tranquila que falei demos numa área bem grande de construcoes enormes, acredito que ainda do tempo dos nazis ou mesmo da DDR. Ali era pra ter um PIT em algum lugar, mas cadê que encontramos. Ficava escondido dentro de um shopping!! Pode uma coisa dessa?! Recomendo que quem se aventurar por Weimar procure o PIT em frente à prefeitura mesmo, aquele é fácil de encontrar, e mesmo se você vier de trem e tiver que se encontrar sem um mapa é mais fácil ir se orientando pelos totens com mapas pelas ruas do que aquele dito PIT dentro do shopping! Ahh o mapa custa 20 centavos e é só mapa mesmo, sem qualquer informacao sobre história e afins.
Rathaus
O que eu mais queria ver em Weimar, era o castelo e as casas onde o pessoal "importante" morou. Também tinha curiosidade de conhecer o Belvedere e a Biblioteca Anna Amalia, mas o primeiro fica bem longe, e nao dava pra ir a pé (pelo menos nao sabendo que teríamos mais 3 dias intensos de caminhada pela frente) e o segundo tinha que pagar pra entrar, já que prédio por fora parece uma casa normal, mas aí, pagar pra entrar em Biblioteca?! Mesmo que seja muito bonita, acho que nao era assim taaao importante pra mim...
Stadtschloss
E apesar de toda a fama e de tudo de importante que aconteceu por ali, ainda dá pra encontrar ruelinhas tranquilas e com cara de antigas, descobrir cantos e encantos escondidos. 

E pra terminar a visita, nada mais óbvio que comer uma Thüringer Bratwurst!! E estava uma delícia!! Bem temperadinha!! Adorei, foi a melhor que comi em toda viagem!! E quem quiser provar também a barraquinha fica no Goetheplatz! 
comendo uma Thüringer Bratwurst

fontes: http://www.goruma.de/Staedte/W/Weimar/geschichte.htmlhttp://de.wikipedia.org/wiki/Weimarhttp://www.weimar.de/homepage/

PS: Alguem sabe por que fica aparecendo esse fundo branco na postagem?!!!!!!!!!!!!!!

8 comentários:

  1. Que lindas as fotos! Gente, casinhas de Lego! Eh tudo taaao lindinho, não eh?

    Eu nao sei como ajudar direito com o fundo do blog... Mas normalmente, quando acontece isso comigo eh porque eu cliquei sem querer na cor de fundo... Dai o único jeito de resolver eh abrir outro editor de texto e copiar o texto pra la... Dai costuma sumir...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luana!! Cada casinha linda né?! Eu adoro!!!

      Hmmm, vou tentar da próxima vez que acontecer isso, quem sabe resolva!! Obrigada pela dica!!

      beijo

      Excluir
  2. Eu passei por Thuringen uma vez, durante uma visita que fizemos para a parte da família do meu marido que moram na Baviera (região de Hasfurt) - a minha sogra era alemã. Visitamos também Coburg e Rothenburg ober der Tauber. O que eu soube da DDR é que o povo daquele lado tinha uma inclinação muito grande para a arte, música e cultura - o que fica bem claro na sua postagem - e para o erotismo também, pra eles era normal tomar banho de sol ou nadar pelado, por exemplo..rs..
    Eu adoro ler sobre viagens, mas as vezes tenho um pouco de preguiça de escrever sobre elas...rs.. (ate hoje não escrevi tudo sobre a Toscana). Parabéns por ter reunido tantas informações interessantes neste post!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra!! Nao conheco essas cidades que você sitou aí, quem sabe um dia venha a conhecer também!

      Também adoro ler sobre viagens, e escrever sobre elas, por mais que muitas vezes morra de preguica, é uma boa maneira de guardar mais informacoes sobre os lugares que visitamos. É o jeito que eu encontrei de juntar a "teoria com a prática" por assim dizer. Que bom que você gostou do post!!

      beijo

      Excluir
  3. Oiii

    olha só mudou a cara do blog! Ficou linda a foto com seus cabelos!
    Que lindo o lugar. Fiquei com vontade de experimentar essa wurst!

    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, mudou um pouco sim... Ficou boa essa foto né?!! Eu adorei ela também!!
      Se tiver oportunidade de experimentar essa Wurst experimente mesmo, é muuito boa!!

      beijo

      Excluir
  4. oi flor...
    te mandei um e-mail... pode descartar que agora consegui ver o post! :):)
    adorei este novo visual do blog... me inspirou a mudar o meu também... vou ver se animo... ultimamente ando com muita preguiça de fazer posts!!!
    Achei a viagem interessante... gosto de ver as fotos!!! ;) também estava viajando... vou se animo de fazer um post!!
    beijosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!!
      Teve dois posts mesmo que publiquei sem querer e que por isso o link nao está dando certo, mas eles ainda vem tá, nem se preocupe!!

      Eu gosto de mudar um pouco a cara do blog quando me inspiro e tenho fotos legais, parece que dá um ânimo novo pra continuar a coisa!

      Sei bem como é essa preguica, tenho disso às vezes também, em compensacao tem outras vezes que tenho mil e uma idéias na cabeca... por isso vou escrevendo e deixo pra publicar quando as idéias estiverem meio fracas. Escreva sim sobre a viagem!! Eu adoro ler sobre viagens!! Adoro viajar com as outras pessoas pelas fotos e relatos!! Pra onde vocês foram???

      beijosss

      Excluir

Conte-me o seu segredo...