Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Sonho meu

Sempre que a gente passeia pelas vilazinhas pros lados do Altes Land fico pensando que eu definitivamente nao nasci pra morar na cidade!! Quero poder sair com minha cesta e colher na horta o almoco da  minha família. Quero poder acordar com passarinhos cantando e nao com a música de gosto duvidoso do vizinho. Quero ter um jardim pra cuidar, onde eu possa plantar e colher as flores que mais gosto. Quero que meus filhos possam correr do lado de fora sem que eu tenha que ficar de olho com medo de que tenham sido atropelados ou sequestrados. Quero poder secar minhas roupas ao sol e vento. Quero ter a tranquilidade de almocar do lado de fora num dia de calor. Quero nao ter que me estressar com transito e motoristas mal educados buzinando pro vizinho porque ele tem preguica de sair do conforto do carro pra apertar a campainha. Quero ter a certeza de que eu e meus filhos vamos ter contato com a natureza nao só nas épocas do ano em que for visitar meus pais na fazenda.

Fischbeker Heide

Continuando os passeios pelas Harburger Berge, no domingo fomos visitar a Fischbeker Heide.
Ao sul de Hamburg, mais especificamente entre Fischbek e Neu Wulmstorf está a área de proteção ambiental  Fischbeker Heide.  Trata-se de uma antiga área de floresta. A Heide (em português de Portugal: charneca, porque no Brasil esse nome representa bem o oposto) é uma típica vegetação rasteira com algumas árvores distribuídas esparsamente. Ela não é uma vegetação original, mas se desenvolveu por causa do uso da terra pelo ser humano. 

Tudo começou na Idade da Pedra e teve seu ápice na Idade Média devido ao desmatamento das originárias florestas de carvalho e bétula. O uso intensivo dos recursos florestais ao longo dos séculos esgotou a capacidade regenerativa da natureza. Isso promoveu a expansão de plantas resistentes à grande luminosidade, e um solo leve (como as dunas e areia movediça). Outro fator determinante  foi o uso dessa nova vegetação como adubo para as plantações, devastando mais uma …

Coisa de família

Estava conversando com uma amiga minha esses dias e comentávamos de como muitas mulheres depois que casam passam a viver a vida do maridos e das famílias deles e esquece dos amigos "antigos" e às vezes até da própria família. Conheço um  tanto de amigas que fizeram isso :(  Eu sou completamente contra esse tipo de comportamento. Muitas famílias ainda têm aquele pensamento machista (e que persiste em muitas culturas) de que quando a mulher casa ela passa a pertencer à família do homem, vide a tradição de adicionar o nome dele e não vice-versa. Sinceramente ainda nao me acostumei com o fato de que eu nao tenho mais o mesmo sobrenome da minha família... Eu não acho que um passa a fazer parte da família do outro não. Eu sou daquelas (se é que mais gente pensa assim) que acredita que os dois estão formando uma NOVA família, que não é nem como a dela e nem como a dele (Graças a Deus por isso!). Me incomoda ao extremo quando genros e noras passam a ser chamados de filhos e /ou sao…

Wildpark Schwarze Berge

Esse final de semana visitamos duas atrações que ficam nas Harburger Berge, e hoje vou escrever sobre o passeio de sábado!

O Wildpark Schwarze Berge (site oficial) é um tipo de zoológico que apresenta espécies da fauna nativa de uma região. Mas o mais legal é que os animais não estão dentro de jaulas pequenas e apertadas! E é pertinho aqui de casa!!
O ônibus 340 sai da Bahnhof de Harburg e pára em frente ao parque, mas também tem a opção de pegar ele em Neugraben. Logo na entrada tem um enorme estacionamento pra quem vem de carro, e depois do percorrê-lo todo a gente chega no lugar onde compra o ingresso. Depois disso é só estudar o mapa, decidir o que quer ver primeiro e botar as pernas pra funcionar.
Você pode comprar alimentos pra dar aos animais, tanto os que estão soltos quanto os que estão presos. Claro que nem todos podem ser alimentados, e nesses casos haverá uma placa avisando, então é sempre bom dar uma conferida, não vá matar  um bichinho por dar comida errada pra ele hein…

Harburger Berge

As chamadas Harburger Berge são as "montanhas" em Hamburg, bem pertinho aqui de casa. Claro que se for comparar com a região montanhosa do sul da Alemanha não passam de morrinhos, mas pro pessoal aqui do norte são montanhas já que a região é uma imensa planície. Essa é uma área bem ao sul da Hamburg, e sua maior parte já está mesmo em outro estado: Niedersachsen.  É uma área basicamente de florestas, de coníferas e árvores decíduas (aquelas que perdem as folhas no inverno), mas também encontramos vegetação de Heide (a mais famosa é a Lüneburger Heide que visitamos com meus pais ano passado) na região.  Bem no centro encontra-se o Wildpark Schwarze Berge que é um parque tipo zoológico com animais selvagens que não ficam em jaulas, mas em ambientes que reproduzem o mais fielmente possível seus habitats naturais. Nesse parque existe uma torre de onde se tem uma bonita vista das Harburger Berge.

Como disse anteriormente não são montanhas propriamente ditas, só pra vocês terem i…

Reinbek

Reinbek é uma cidade de cerca de 26.000 habitantes localizada a oeste de Hamburg fazendo parte de sua região metropolitana. Fica um pouco adiante do bairro Bergedorf que a gente já visitou.  Ela foi mencionada pela primeira vez por volta de 1226, e foi reconhecida com cidade em 1952. A cidade está localizada às margens do rio Bille, que foi represado nessa altura pra movimentar um moinho. 

Poupada das ondas de destruição da Segunda Guerra Mundial, a arquitetura da cidade de Reinbek expõem diversas construções de diferentes épocas da história da arquitetura do norte da Alemanha, começando pelo renascimento holandês, passando pelas mansões da época do Império, o expressionismo das construções de tijolo da República de Weimar, as grandes construções da década de 1970 até chegar à arquitetura dos anos 90. 
O edifício mais antigo e mais importante em Reinbek é o Schloss Reinbek no estilo renascentista holandês. O duque Adolf I. von Gottorf mandou construir o Schloss entre 1572 e 1576 na fo…

Mais uma bomba

Ontem no fim da tarde o Lukas me liga dizendo que o trem passou direto pela estacao de Heimfeld sem parar. Como costumo fazer quando atendo o telefone fui pra janela e havia uma grande movimentacao de policiais, ambulâncias e pessoas na rua. Achei que tinha acontecido algum acidente, talvez na estacao ou nas redondezas praquela quantidade de ambulâncias e a necessidade de fechar a estacao do metrô. Ligo a Tv no canal de Hamburg para ver se havia algum notícia a respeito, já que era um horário que eu sei que passam notícias... Logo o Lukas em liga de novo e eu ouço na TV que se trata de uma bomba da segunda guerra (de novo). Logo pensei que era no terreno aqui ao lado que estão revirando há pelo menos 1 mês. É sempre em obras que eles encontram essas coisas... Já imaginei que teríamos que ser evacuados e coisa e tal. Se o Lukas estivesse em casa esperaríamos a polícia vir nos avisar da evacuação e tal, mas como ele não estava fiquei meio receosa, e como até então ninguém tinha batido …

Ingresso como vale-transporte

Aproveitando ainda a falação sobre o jogo do Brasil, queria só destacar uma curiosidade que há tempos venho querendo mostrar, mas nunca tinha tido oportunidade de vivenciar eu mesma. Aqui em Hamburg muitas vezes ao se comprar um ingresso pra algum tipo de evento grande, mesmo espetáculos teatrais e afins, está incluído no preço do ingresso também a passagem de transporte público para que você possa ir e voltar do evento sem usar seu carro!! E o mais interessante é que é válido pro Gesamtbereich, que significa toda a região onde são válidos os tickets da HVV (empresa de transporte público de Hamburg). Isso quer dizer que mesmo quem mora em Lüneburg ou Stade, por exemplo, pode vir pra Hamburg "de graça" pra ver espetáculo e depois voltar tranquilamente  pra casa!! Só pra vocês terem uma idéia o meu ticket mensal é pro Großbereich, que já inclui basicamente a cidade toda, esse oferecido junto nos ingressos abrange ainda mais localidades. Não é super legal isso?!! Eu acho muito…