Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

Feliz natal!

Que a natal de vocês seja abençoado e muito doce!!







Adventskranz - Coroa de advento

A coroa de advento é uma decoração típica da época que antecede o natal, normalmente feita num trançado com ramos de Abeto (da família dos pinheiros), decorado e que possui quatro velas, sendo que estas vão sendo acesas uma a uma a partir do primeiro domingo de advento até o quarto. A coroa de advento foi introduzida em 1839 pelo teólogo luterano e educador  Johann Hinrich Wichern no norte da Alemanha protestante. Quase um século mais tarde passou também a ser encontrado em áreas católicas.  Segundo se conta, o hamburguense (sim, ele era de Hamburg!!) Wichern cuidava de crianças que eram muito pobres. Ele se mudou com elas para uma casa, das Rauhe Haus, e lá cuidou delas. Como as crianças na época de natal sempre de novo perguntavam quando chegaria enfim o dia de natal ele construiu em 1839 a partir de uma roda velha de carroça, um aro de madeira com 20 velas pequenas e 4 velas grandes, usando-as como calendário. Todo dia durante o advento uma vela era acesa, as velas brancas represe…

Tragetuch

Tragetuch é o nome em alemão para o que no Brasil é chamado de sling (que acredito ser o nome da peça em inglês). E ele foi a nossa opção de meio de transporte do nosso bebê. Li bastante a respeito, ouvi muitas coisas contra e a favor, e decidimos remar contra a maré e carregamos até hoje nosso pequeno no pano de mais de 5 metros de comprimento enrolado no corpo. Alguns fizeram cara feia ( a tradição na Alemanha diz que Opas e Omas compram o carrinho de bebê), mas batemos o pé e ficamos só com a opção do Tragetuch mesmo. E foi a melhor escolha que poderíamos ter feito. Naquelas primeiras semanas, em que ele não queria dormir de jeito nenhum, que ele ficava agitado no meio da noite, a nossa salvação foi ter o sling! Era só colocar ele lá dentro e puff, dormia feito um anjinho. Quantas e quantas voltas o Lukas não deu com ele lá fora no comecinho da manhã pra que eu pudesse dormir mais um pouquinho... E pra eu fazer as coisas na casa enquanto ele não quer sair do colo... Cozinhar, pass…

Xale novo

Entre uma mamada e outra e sonecas do pequeno consegui terminar meu primeiro projeto artístico desde que ele nasceu! Vai esquentar as costas nesse inverno meia-boca que estamos tendo até entao... hhehehhe

sábado natalino

O final de semana começou turbulento devido ao furacão que passou pelo norte da Alemanha. Mas trouxe consigo a primeira neve do inverno, coincidentemente de novo no dia do Nikolaus, 06 de dezembro.

E sábado amanhecemos com tudo branquinho lá fora. As crianças da vizinhança inclusive fizeram um boneco de neve!

À tarde queríamos ir ao Weihnachtsmarkt em Bergedorf (já mostrei o bairro aqui), porque fiquei sabendo que a feirinha de lá era em estilo medieval em frente ao Schloss. 

Por coincidência ainda descobri que a S-bahn especial de natal estava fazendo o trajeto até lá. Juntamos o útil ao agradável e pegamos uma carona no trem do Weihnachtsmann. Eles (Historische S-Bahn Hamburg) pegam um trem antigo, decoram e fazem passeios pela cidade. Normalmente esses passeio são cobrados extra, mas esse do natal qualquer pessoa com o ticket normal de transporte da cidade pode usar. Dentro do trem são vendidos bolo, café e Glühwein e um calendário da associação.

E domingo ainda foi dia de acender…

é muito amor

O Lukas frequenta um clube de  tiro aqui em Hamburg, pra treinar arco e flecha. Dia desses ele aparece em casa com um sacola de supermercado com dois pratos dentro. Um senhorzinho do Verein (como se chamam as associações por aqui) tinha mandado o jogo de pratos que era dele quando criança. E que passou pela irmã, pelos filhos e pelos netos e que não teriam mais uso. Então deu de presente pro Leopold. E na semana seguinte ainda mandou também os talheres. Não é muito amor?!

Coisas que não te dizem - os dois primeiros meses são punk

Agora que as coisas estão ficando mais calmas, e posso curtir com mais gosto essa coisa da maternidade, também já dá pra vir aqui dizer que o começo é tenso! Não é pra desanimar ninguém não viu, mas verdade seja dita, nada de mar de rosas como se faz parecer pelos comentários das pessoas quando da notícia de uma gravidez ou do nascimento de um pequeno ser. É uma alarde geral, uma felicidade toda, mas ninguém chega e te diz o que te espera de verdade! Eu gostaria muito de ter ouvido algumas verdades sobre os primeiros dia, na realidade já a começar pelo parto. Acho que as pessoas tem medo de assustar as grávidas de primeira viagem, mas sério, eu gostaria muito que tivessem me dito que no primeiro mês (em especial) nada é tão lindo e cheiroso como as fotos compartilhadas em feicibúqui e afins nos faz acreditar. Por trás daquelas fotos mágicas e fofinhas existe com toda certeza uma mãe cansada, com dores do pós parto (sim, mesmo o parto normal te deixa com dores depois, isso ninguém con…

as fraldas de pano

As fraldas de pano já estão sendo usadas a todo vapor por aqui, e estou bem satisfeita com elas. No começo usamos as descartáveis porque o pequeno nasceu tao magrelo que as fraldas ficavam gigantes e não iriam segurar é nada. Aos poucos fomos introduzindo as de pano e agora até à noite elas aguentam tranquilamente, claro que ele ainda não dorme muitas horas seguidas, então a cada acordada tem uma troca, mas acredito que mesmo depois que ele dormir mais horas seguidas durante a noite (oremos pra que seja logo) elas ainda vão segurar super bem o que devem segurar.



Flohmarkt

Num domingo desses fui passear num Flohmarkt (mercado de pulgas/brechó) de produtos infantis. Por aqui é super comum esse tipo de coisa, existe Flohmarkt pra tudo quase o ano todo, mas especialmente na primavera e no outono. Desde a gravidez nós frequentamos alguns pra encontrar e comprar coisas pro bebê que fossem boas e baratas. E nós olhamos especialmente livros, que aqui no geral já são baratos, mas nesses mercados encontramos muitos livrinhos das antigas, com desenhos diferentes, do estilo que nós tínhamos quando crianças, que são os que a gente mais gosta. Muita coisa em bom estado por um precinho camarada. Enfim, resumindo o que queria dizer, esse meu último passeio por um Flohmarkt me rendeu ótimas comprinhas, por meros 10,50 euros!! Dá pra acreditar?? Em alguns livrinhos paguei mais do que por algumas das pecas de roupa e está tudo perfeitinho, se eu não dissesse que foram comprados em mercado de pulgas ninguém nem desconfiaria...

Outono

Entre trocas de fraldas e mamadas, de vez em quando dá pra dar um pulinho lá fora e aproveitar um pouco a minha estacao favorita, pena que passa tao rápido (ou é minha percepcao, afinal quase não tenho mais tempo de sair com calma só pra tirar fotos).


só come e dorme

É a típica frase que se diz de bebês novinhos... só queria saber onde é que fica a parte do dorme...?!! Alguém viu perdida por aí?!!
Não é que o Leopold não durma, mas não é aquela coisa mais fácil do mundo fazer ele dormir não. Certo que o culpado no começo eram as cólicas, mas agora (gracas a Deus e às gotinhas milagrosas - BiGaia caso você esteja na Alemanha com seu filho sofrendo como o meu) a parte complicada é colocar ele pra dormir, especialmente durante o dia. Luta como um leão pra não ser levado pelo sono, e colocar no berço então... suplício... mas vamos que vamos que um dia ele aprende que dormir é bom e que faz bem pro humor do papi e da mami dele.

Hebamme

Já comentei por aqui sobre ser acompanhada por uma Hebamme durante a gravidez. As Hebammes na Alemanha, são o que no Brasil chamaríamos de doulas ou parteiras. Eu gostei tanto dessa assistência delas por aqui que vou contar pra vocês com foi/está sendo comigo. Em geral todas as mulheres grávidas e recém paridas aqui na Alemanha tem o acompanhamento dessas mulheres, tudo pago pelo seguro saúde (pelo menos os públicos).
Logo na primeira consulta com a ginecologista, pra confirmar a gravidez e dar início ao pré-natal, fomos encaminhados à uma Hebamme. Eu não fazia idéia do que era e pra quê servia, chegamos na sala da nossa pela primeira vez meio perdidos. Aí ela nos explicou que aqui na Alemanha o acompanhamento de grávidas é feito alternadamente entre o ginecologista e Hebamme. E assim foi, desde então nossas consultas eram sempre uma vez com a médica  e outra com a Hebamme. E se vocês perceberam, eu não disse nada de médico obstetra, nem sei se aqui tem esse tipo de especialidade... …

5 semanas

Esse tempo passa é voando mesmo! E faltam-me maos disponíveis pra escrever aqui sempre que tenho vontade. Vou atualizar vocês em tópicos que fica mais fácil.
- Nós estamos nos adaptando bem uns aos outros. Claro que tem os dias de querer jogar tudo pro alto, largar o bebê na porta da igreja e continuar dormindo sem choro de criança com cólica no berço ao lado.
- Minha mãe esteve por aqui entre a segunda e a quarta semana do pequeno. Foi meio cansativo ter mais alguém em casa, a gente ainda sem ter se acostumado ao ritmo do pequeno e vice-versa, mas foi uma mão na roda não ter que pensar em almoço e passar a pilha de roupas que se juntou nas primeiras semanas.
- Leopold já fez sua primeira viagem de trem. Fomos visitar Bremen, com mais calma do que em dezembro com a parentada que mora por lá.

- Minha madrinha, tia do meu pai, que mora em Kassel veio num domingo com mais uma prima pra conhecerem o bebê. E os outros parentes afastados da família do meu pai mandaram cartões e presentinho…

Uma semana

Antes de mais nada obrigada pelos parabéns recebidos no post anterior, que bom que a notícia do crescimento da nossa família também pode ser comemorado por tanta gente.
A história de hoje começa ainda no final de semana retrasado quando eu ainda tinha uma barrigão e querendo aproveitar os últimos dias sem grandes responsabilidades fomos passear por aí. Bom que o tempo andou (e continua) ajudando por aqui. Sábado 24 foi dia de apreciar uma festa de bairro em Bergedorf. Demos umas voltas por lá, conferimos uns shows de danças típicas e passamos uma tarde gostosa. 
Já domingo foi dia de fazer piquenique na Fischbeker Heide. Apesar de ter gente sentada onde queríamos estar, procuramos outro cantinho, andei e me exercitei (o que na gravidez é sempre recomendado), e aproveitamos a bela vista da Heide toda florida. Lindo de ver!!

Dia 28 foi nosso aniversário de casamento, saímos à noite pra comer uma coisinha e comemorar a data, e apesar da nossa torcida o pequeno ser ainda dentro da barrig…
Com dois dias de "atraso" chegou nosso presente de 3 anos de casados: é um menino de 52 cm de simpatia!!

Fraldas de pano

Nem sei dizer direito como cheguei à decisão sobre usar fraldas de pano no meu bebê. Não sei se posso dizer que foi pela questão ecológica, que muita gente coloca como principal argumento. Talvez tenha sido mais pela questão estética mesmo e pelo fato de odiar com todas as forças coisas muito artificiais, nesse caso, o plástico em contato com a pele. Pensar em alguém usando um troço de plástico o tempo todo (especialmente no calor do Brasil) me faz ter três tipos de arrepios de uma vez só. Mas ao mesmo tempo não voltaria a usar absorventes à moda antiga... lavar e tal... não me apetece... mas com as fraldas a história é diferente e não sei dizer bem porquê. Existem muitos argumentos a favor. O Lukas gostou especialmente do fator econômico, lemos muito a respeito e em todos as fontes pesquisadas fazem-se cálculos e mais cálculos sobre a quantidade de dinheiro gasta em fraldas descartáveis.  Mas também não sei se posso dizer que foi meu principal motivo... 
Eu ainda não sei como vai se…

E vem chegando uma nova estação

Há umas duas semanas venho sentindo no ar que as estacoes estão mudando. Desde que os dias de calor infernal se foram percebe-se no ar e na luz que logo, logo o outono está aí. Me chamem de louca, mas eu AMO o outono. Enquanto está todo mundo aproveitando os últimos diaszinhos de verão ao máximo eu estou ansiando pelo outono, aquela luz, aquele clima, aquelas cores... Nas lojas já começaram a vender decorações outonais... as cores vão ficando mais amarronzadas, as folhas e cogumelos e porcos-espinho vão aparecendo nas vitrines. Ainda falta um  mês pro começo oficial, mas já dá pra perceber que ele está chegando... Nessa época me dá vontade de deixar a casa arrumadinha, curtir o fim do dia (que já não é mais às 11h da noite, mas sim num horário mais razoável, lá pelas 8 e meia), dá pra acender umas velas, dá vontade de assar bolachinhas, ou fazer um bolinho gostoso pra tomar com chá no fim da tarde... Eu fico cheia de inspirção essa época do ano... pelo menos aqui na Alemanha, no Bras…

O último mês

Os dias passam, muitas idéias pipocam, mas falta o pique de sentar em frente ao computador e escrever. Esse último mês foi de muitos dias de calor infernal, com direito a muito sorvete, gelatina e tereré pra tentar espantar o suador dentro de casa (eu me recusei a sair naqueles dias, sem condições gente). Já a última semana foi mais tranquilinha e só hoje voltamos aos 27°, mas dentro de casa ainda está aceitável, é só deixar tudo fechado que o fresquinho se mantém por um tempo.
Andei arrumando as coisas pro Hampelmann (é assim que estamos chamando o bebê enquanto ele/ela não nasce. Pra quem não sabe Hampelmann é um brinquedo desse tipo aqui, o apelido surgiu depois do segundo ultrasom em que vi pela primeira vez aquele serzinho com forma de gente se mexendo loucamente dentro de mim). Já arrumei quase tudo. Troquei muitas coisas de lugar dentro dos armários, limpei e reorganizei gavetas, lavei roupinhas e fraldas e tudo que tinha direito, costurei mais um monte de coisas e assim se pa…

o que vocês esperam de mim

Fiquei pensando muito se deveria ou nao escrever este e-mail. Queria saber com todas as palavras agora, o que afinal vocês esperam de mim! E sejam sinceros, porque dai eu também vou poder ser!!

De onde surgiu essa fama de que sou uma pessoa inacessível? Só porque tenho repulsa ao skype?? Até onde sei existem outros meios. Só porque sou uma pessoa que gosta de preservar a minha privacidade e nao aceita palpites externos na minha vida? Nao consigo entender porquê essa extrema necessidade de saber tudo que faço ou que penso. Nem minha mãe, que teria "direito" a me fazer interrogatório, eu deixo saber detalhes sobre a minha vida, pois é isso que ela é, minha, e eu tenho direito de poder escolher com quem e como a compartilharei. E nao me venham com essa de que o Lukas e eu somos um, nós continuamos a ser duas pessoas, que se completam, mas ainda assim indivíduos, com seus gostos e opinioes pessoais.
Eu tenho todo direito de escolher as pessoas com as quais eu me sinto a vontade …

Baby Stuff V - Baby-quilt

Mais um quilt feito por mim, desta vez pro bebê. Já não lembro quanto tempo levei pra fazê-lo, acho que devo ter começado lá em abril e se não me engano terminei no começo de julho, claro, com muitas interrupções, porque não é um trabalho muito fácil e às vezes vai dando nos nervos. Mas o resultado final é de dar orgulho!

Baby Stuff IV

Acho que o mais legal de ter filho vai ser poder vestir nele/nela roupinhas que eu e meus irmão usamos quando bebês, especialmente os casaquinhos feitos pela minha Oma Uschi!! Não são uma graça??




Visita do Thomas e da Jéssica

Semana retrasada tivemos o prazer de receber o Thomas e a Jéssica (meu irmão e minha cunhada pra quem não conhece) aqui em casa pra curtirem uns diaszinhos no calor de Hamburg. Foram dias curtíssimos, mas muito bem aproveitados. Até aproveitamos a carona pra ir até o Ikea comprar móveis pro bebê, Onkel e Tante serve pra essas coisas né?! Nos outros dois dias andamos pela cidade (a Jéssica ainda não conhecia), os não-grávidos bebericaram umas cervejinhas, comemos muito bem e colocamos as fofocas em dia. Quer coisa melhor do que a visita do irmão pra deixar a cabeça desanuviar das preocupacoes de gravidez, parto e criacao de filho??





da gravidez

Antes mesmo de engravidar sabia da enchurrada de palpites e opiniões alheias que viriam quando isso acontecesse. E sempre foi um medo, porque desde sempre odeio palpites e opiniões dadas sem que sejam pedidas. Um dos motivos pelos quais nos levaram a anuncia a gravidez depois dos 3 meses foi justamente poder curtir um pouco a nossa privacidade, a felicidade da notícia sem já de cara ter que lidar com "dicas" e "recomendações" alheias. Infelizmente esses 3 meses passaram muito rápido, e desde então a lista de coisas absurdas e que me tiram do sério só foi crescendo. E agora quase no final dessa etapa percebo que não cheguei a curtir quase nada da minha gravidez, da minha barriga e dessa nova fase. E é meio triste que um momento assim tao pessoal e importante na minha vida tenha passado assim, meio batido, com muito medo e com muita raiva da falta de consideração e respeito pela minha privacidade e minha vontade. Isso que estamos na Alemanha, longe de tudo e de todo…

Verão na Europa??

Não deixe de visitar um Jardim Botânico!!
Essa é a dica que eu daria a todos que visitam o continente pelos meses de junho a agosto! Nos outros anos eu confesso que não cheguei a perceber o tamanho da beleza que estes lugares escondem, muito provavelmente culpa dos inúmeros dias de chuva que peguei nos verões anteriores, mas este ano já fiz belas descobertas aqui mesmo em Hamburg!!

No começo de mês passamos uma tarde no Jardim Botânico (Botanischer Garten Hamburg) e fiquei maravilhada com a quantidade de flores e cores do lugar. Já tinha ido outras vezes, mas em nenhuma delas havia tanta flor desabrochada, uma mais linda que a outra. Eu infelizmente não estou mais conseguindo tirar muitas fotos de flores, porque a barriga me atrapalha no baixar e levantar e achar a melhor posição pra uma boa foto, mas o Lukas fez lindíssimas fotos nesse dia!! Aos fotógrafos de plantão recomendo!!


E semana passada passeamos com meu imaozinho e a cunhada no Planten un Blomen, e mais uma vez muitas e mu…