For my international friends

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Passeios - parte 6 - neve e Weihnachtsmarkt (26 novembro)

Hoje foi o primeiro dia em que quando acordamos estava tudo branquinho lá fora... ainda não era lá muita coisa, mas eu fiquei bem feliz e contente!! Eu realmente fiquei o dia todo me sentindo uma criança, porque cada hora que olhava pra fora e via aqueles floquinhos brancos caindo, gritava: NEVE!!! Acho que só as crianças mesmo me entenderiam... não foi a primeira vez que vi neve na minha vida, aliás as duas vezes que estive aqui na Alemanha (em 96-97 e em janeiro desse ano), eu vi a tal da neve... da primeira vez eu nao gostei nada, eita treco gelado que fica entrando por tudo (isso porque logo no primeiro dia a gente foi descer um morro de trenó e eu levei um tombo, e como estava naquela fase maravilhosa da adolescência, achei o resto todo do negócio muito chato - e depois a gente ainda foi esquiar na Áustria, mas acho que isso é assunto prá outra vez...). Esse ano, em janeiro, meu contato com a neve foi mais divertido, apesar de não ter um sapato adequado, mas ainda assim meu teniszinho "made in Brasil" deu conta do recado, bem mais do que a bota comprada meio às pressas em Frankfurt no dia seguinte à nossa chegada... Mas enfim, apesar de já ter tido contatos anteriores, e até mesmo recentes, hoje eu me diverti com o fato de estar caindo gelo do céu!!!
logo cedo de manhã, a vista da cozinha era essa
e a vista do quarto essa
aqui dá prá ver bem que estava nevando
perto do almoco comecou a nevar cada vez 
mais até acumular nas árvores
a vista do quarto depois da neve
e mais uma vez a vista da cozinha, 
já quando estava começando a escurecer
Como falei, parecia gente que nunca tinha visto neve na vida, fiquei tirando muitas fotos... foi no mínimo divretido...
Obviamente que não podíamos perder a oportunidade de sair e passear um pouquinho lá fora... Como tínhamos que comprar cartões de natal aproveitamos e fomos pro centro... Depois de cumprida a missão, aproveitamos prá passear pelo Weihnachtsmarkt, dessa vez funcionando!! Tem muita coisinha legal, muito artesanato em madeira e coisinhas bonitinhas de natal, eu quase fiquei doida, porque muitas daquelas coisas me lembram a minha infância, coisas que a gente tinha em casa ou via na casa das Omas... E tinha também muuuita gente, o pessoal gosta mesmo de passear, mesmo num frio de -1°C , ou entao de tomar o tal do Glühwein (algo tipo quentão), porque essas eram as barraquinhas que estavam lotadas de gente!! Conforme prometido, algumas fotos abaixo e o convite de quem já quiser se anunciar prá vir passear com a gente no Weihnachtsmarkt do ano que vem, porque sério, as fotos não mostram nada, tem que ver ao vivo!!!











sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Passeios - parte 5 - Weihnachtsmarkt

Sábado à tarde saímos prá passear no centro da Hamburg, prá olhar idéias prá presentes de natal e também porque o Lukas achou que já estaria acontecendo a Feira de Natal (Weihnachtsmarkt) que acontece todos os anos em praticamente todas as cidades por aqui, ou pelo menos nas maiores. Pelo que li a respeito, no início essas feiras eram prá que as pessoas pudessem fazer seus estoques de inverno e com o tempo foi cada vez mais sendo relacionadas com as festas natalinas:(http://de.wikipedia.org/wiki/Weihnachtsmarkt). E ali se acha de tudo, desde as coisas tradicionais como as deliciosíssimas bolachas, como também bijuterias e coisas mais esotéricas. Enfim, infelizmente no dia que fomos ainda não estava aberto, estavam ainda montando as casinhas, e sim, aqui são casinhas de verdade, de madeira e tal, nada de barraca de lona como em Curitiba, é tudo feito com muito cuidado e capricho, dá gosto de ver!!  E a Feira acontece pelo centro todo da cidade, não só ali em frente à Rathaus, como se imaginaria, mas em qualquer lugar que tenha espaço prá montar uma casinha. E tem muuuuitas árvores espalhadas pela cidade, e aqui eu me refiro aos pinheirinhos de verdade (ou da família, essas denominações de árvores não é comigo). Thomas, fiquei pensando se não tinha alguma da fazenda de vcs, pq sério, tem muitas, até falei pro Lukas que se a gente roubar uma prá pôr aqui em casa ninguém nem vai dar por falta, o problema é só carregar ela escondida dentro do trem...
Mas enfim, tinha levado a máquina a tiracolo justamente prá tirar fotos da Feira, mas mesmo que ela não estivesse funcionando ainda tirei algumas... E provavelmente essas são as que vão aparecer com menos gente em cima, porque deve lotar isso quando abrir!! Quando a gente for passear, vou tirar mais fotos e depois posto aqui prá vcs verem.











Ontem, terça-feira, tivemos a primeira neve desse inverno... ainda foi só mais uma chuva com neve, já que a temperatura estava acima dos 0°C (os termômetros marcaram 2°C na maior parte do dia), portanto a neve que caiu derreteu logo que chegou ao chão ou aos casacos e|ou guarda-chuvas das pessoas que andavam pela rua. Nós também fomos prá rua, mais porque estava planejado do que por causa da neve, mas que foi divertido foi... Fomos ao cinema!! Mas fomos ao cinema em inglês, nosso alemão não é tão bom assim ainda prá assistir filmes sem legenda, e em inglês é um pouco mais fácil... aqui tem um cinema que só passa filmes em inglês, ou segundo eles, na língua original. Achei bastante interessante, a sala fica dentro de um antigo teatro e ali junto tem um café onde as pessoas vão, muitos estrangeiros na realidade... O mais bizarro é que eles passam propagandas antes de começar o filme, no Brasil isso ainda não acontece muito, mas acho que foram pelo menos 10 minutos de propaganda, e só 2 trailers de filmes, achei isso  muito estranho, e em frente à tela de projeção, enquanto não está passando nada tem uma cortina com o nome do cinema, acho que isso ainda é um herança do teatro... Hamburg é uma cidade grande, portuária, por isso tem muito estrangeiro por aqui... nós inclusive tb participamos de uma igreja em inglês,  é uma comunidade voltada aos estrangeiros... mas enfim, sobre isso talvez escreva outro dia...  Então é isso, fomos ao cinema e quando saímos ainda estava nevando... fomos ainda comprar minha bota impermeável e quentinha, que depois de muito procurar e pensar acabei por decidir e aproveitamos que estávamos no centro prá ir na loja e trazê-la prá casa!! Agora sim, pode esfriar o quanto quiser, meus pés estarão sempre quentes e sequinhos!!!!!!!!!!
Para os próximos dias previsão de temperaturas abaixo de zero, e neve, nada muito exagerado, ainda só de leve... não vejo a hora de ficar tudo branquinho!!!

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenclatura e tb de país, sei lá, vai que são a mesma coisa só que no Brasil se come mais seco que aqui na Alemanha... Mqas acabei descobrindo que na verdade são coisas realmente diferentes! Aí tb fiquei pensando que talvez a nomenclatura no Brasil é que esteja errada, porque descobri que a ricota é de origem italiana... isso talvez seja, mas tanto assim não consegui descobrir não. O que eu descobri até agora foi que a ricota e o quark são feitos de partes diferentes do leite, a ricota por exemplo é preparada a partir do soro e não do coalho, como o quark (mais informações em: http://de.wikipedia.org/wiki/Ricotta,  http://de.wikipedia.org/wiki/Quark_(Milchprodukt) - em alemão, prá outras linguas é só procurar na barra do lado, já dento do wikipedia, é melhor do que colocar todos os links). As informações em alemão e em ingles são bem completinhas, mas em portugues tá beeem reduzido, mas também não procurava informações tão completas, era só prá tirar uma dúvida mesmo...
Só sei que agora até o Lukas que não gosta da tal da ricota brasileira come quark, e gosta!! A gente passa no pão como se fosse requeijão cremoso, porque isso aqui não tem. E a gente come tanto doce (no pão com mel, como a gente come lá na Oma) e também salgado, temperado com sal, pimenta e cheiro verde, ou qualquer coisa que tenha em casa e dê vontade de colocar... (pensando bem, isso eu tb aprendi com a Oma!!)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Casamento - parte 3 - meu vestido

A parte mais complicada e a mais esperada num casamento é normalmente o vestido da noiva... e ô troço difícil de decidir... experimenta quinhentos prá decidir +- o que a gente gosta. Ficar bom, quase todos ficam, mas a dificulade maior é escolher o definitivo... Eu acabei optando por mandar fazer o meu, não que não tenha gostado de nenhum prá alugar, mas no fim o preço era praticamente o mesmo e então porque não fazer um bem do jeito que vc gosta??? E foi o que fiz, pegando idéias de vários lugares e de coisas que tinha experimentado em outros vestidos e que tinham ficado boas, lá fui eu montar o meu... fiquei com medo do resultado final, confesso, vai que a costureira não enmtende o que eu digo.. mas no fim, deu tudo certo, ficou super bonito, eu amei o vestido e o Lukas tb, é o que importa né!!!
detalhe das costas
no hotel - com o bolero que acabei nem usando pq esquentou
vestindo
Ok, vestido na costureira e agora, que acessórios vou usar??? É tanto detalhe prá pensar e daí ainda se preocupar com coisas que a gente quase não vê, mas daí a gente se lembra que nas fotos aparece... então lá vou eu pensar em brincos e detalhes pro cabelo, se usa ou não colar, anel, etc... e o dito do sapato... putz, sapato de casamento é sempre de salto (eu odeio salto alto, e não é só pq sou alta não, eu realmente acho muito ruim de usar...). Decidi que ia usar sapatilha... mas eu tb não concordo muito com o negócio de ter que ser tudo branco, eu definitivamente não seria eu mesma se estivesse toda de branco... Decidi que ia usar uma sapatilha colorida, e confesso, não me importei nem um pouco se ia ou não chocar as pessoas, até queria que isso acontecesse... eu não gosto de ter que ser toda certinha com esse tipo de coisa, não é pq todos casam de branco que eu tenho que fazer o mesmo... a sapatilha seria um detalhe meu, só meu... E foi ótimo, eu me diverti muito com a minha sapatilha super confortável e roxa!!!!!!!!!!!!!!
vestindo 
no fim da festa é que muitos descobriram... hehhehhe...

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Final de semana com visitas

Este final de semana recebemos nossos primeiros visitantes, daqueles que dormem na casa da gente por alguns dias!! O Thomas, o Claus e o Mathias chegaram na sexta-feria de noite, vindos da Holanda, nessa última etapa do estágio deles aqui na Alemanha.  Vieram carregados de coisas, isso que já tinham deixado as malas maiores na casa da Chris em Frankfurt... Ganhamos mais um presente de casamento> um mixer!! E eles tb nos entregaram uma sacola cheia de bugigangas deles que sobraram da limpeza nas respectivas moradias... bom prá gente que ganhou mais uma tábua de madeira, e umas linguiças beeem boas!!! Nós conversamos bastatnte e rimos bastante também... sorte deles é que trocamos nossos colchões antigos por uns mais duros e então eles tiveram uma cama pra cada, 2 nos colchões e 1 no sofá. No sábado de manhã dormimos até a hora que nos deu na telha (o que foi algo entre as 8h e as9h), tomamos um bom café da manhã e então o Lukas aproveitou que os meninos estavam de carro e foi com eles comprar piso pro nosso Hall de entrada que ainda está sem... Então nós todos saímos e fomos bater perna no centro da cidade pro Thomas e o Mathias conhecerem, já que nunca tinham vindo prá cá. A primeira parada foi a Rathaus (prefeitura), como estava chovendo resolvemos entrar prá nos abrigar e também para conhecer... Bem interessante lá dentro, obviamente como as coisas ainda funcionam lá dentro não dá prá visitar tudo. Quando saimos já tinha parado de chover, nós então perambulamos um pouco pelo centro prá mostrar as coisas interessantes e tb para procurar um restaurante já que já estávamos ficando com fome... mas a gente ainda é novo por aqui, não conhece bem as coisas, foi um tanto complicado e ninguém estava muito a fim de perguntar nas Informações Turísticas, pq os meninos queriam uma cervejaria... Depois de andar bastante paramos na Hauptbahnhof e  o Thomas foi perguntar onde podíamos encontrar uma... prá surpresa de todos a moça deu a indicação de uma atrás da Rathaus (não sem antes fazer uma cara estranha pro Thomas, segundo ele, se surpreendendo com a pergunta)... e lá vamos nós andar de volta até a Rathaus (deveríamos ter perguntado por lá que tb tem um PIT prá nos poupar trabalho, mas enfim....). Caminhamos então até lá e procuramos o tal do restaurante, encontramos e como os preços eram acessíveis entramos... eita lugarzinho cheio prás 3h da tarde... Acabamos nos abancando numa "mesinha" que encontramos ainda não limpa e daí começa a espera pelo garçon... estávamos todos morrendo de fome!! Mas no fim deu tudo certo, comemos (muito bem por sinal), bebemos, conversamos e rimos bastante mais uma vez... Saímos de lá perto das 6h... Na volta ainda passamos no mercado prá comprar pão pro café da manhã e voltamos prá casa. Os piás ficaram na dúvida se iam sair de noite ainda prá conhecer uma rua famosa que tem aqui (Reeperbahn)... depois de alguma indecisão resolveram ir, o Lukas e eu ficamos em casa, não é o tipo de ambiente que eu goste de freqüentar...
olhem nos posts anteriores e verão esta mesma 
árvore com as folhas amarelas...
num intervalo de 2 semanas é isso que acontece...
dentro da Rathaus
dentro da Rathaus
Rathaus
Thomas Punkt
Albrecht Brauerei
Albrecht Brauerei
No domingo dormimos até um pouquinho mais tarde, tomamos café da manhã perto das 11h, mas isso prá gente não foi nenhum problema já que lá em casa sempre foi assim aos domingos e é como estamos nos habituando aqui também... sem almoço e com café da manhã mais reforçado... O tempo começou a abrir e então corremos para aproveitá-lo já que nunca se sabe o que pode acontecer nessa cidade... Queríamos subir na torre da St. Michaelis Kirche, de onde se tem uma vista da cidade... e prá iso o tempo tem que estar bom... E foi o que aconteceu, pegamos o trem até a estação mais próxima e fomos até lá, no caminho ainda dá tempo de tirar fotos palhaças com uma estátua na rua...  A igreja é uma das maiores da cidade e bem bonita (não tirei fotos de dentro pq não gosto de tirar fotos dentro de igrejas; vou colocar uma que achei na internet).
dentro da St. Michaelis
Tem que pagar prá entrar e também dá prá subir até a torre por um elevador, mas o trajeto mais legal é subir as escadas... eu achei que ia ser tranquilo, que ia ser escada do tipo dentro de casa ou de prédios, mas não eram, eram escadinhas de metal, estreitinhas, e que são vazadas, dá prá ver tudo lá embaixo... meio assutador, achei que talvez não conseguisse, mas fui até lá em cima sem problemas, parando aos pouquinhos, e com dois ajudantes foi tranquilo. E a vista lá de cima é super bonita, dá prá ver a cidade toda... Na descida contamos os degraus, algo em torno de 450 degraus, super divertido... hehheheh.... De lá seguimos até a ruína de uma igreja que fica ali perto... eu achei muuutio legal... ela agora é um memorial (http://en.wikipedia.org/wiki/St._Nikolai,_Hamburg,
Fomos voltando pro centro procurar um lugar prá almoçar, já que já era, mais uma vez, perto das 15h... Acabamos indo na Hauptbahnhof num restaurante chamado Schweinske, que tínhamos certeza que estaria aberto e também que era bom, uma vez que o Lukas e eu já conhecíamos, pois foi onde em fevereiro nós estivemos com a mami na nossa visita à cidade. Mais uma vez, comida boa e muita conversa jogada fora... Na saída o Thomas ainda procurava uma camiseta, prá acrescentar à coleção que ele está fazendo de todos os lugares que eles estão visitando... mas acabamos não encontrando nenhuma bonita... Voltamos prá casa e aqui ficamos conversando, vendo fotos do casamento e comendo... hehheh



















Schweinske

Schweinske
Hoje de manhã então eles tiveram que ir embora, prá continuar a última semana de passeios pela Alemanha antes de voltarem pro Brasil no domingo... Meio triste, mas é a vida... Agora esperamos nossos próximos visitantes!!! Quem se voluntaria???