For my international friends

quinta-feira, 23 de julho de 2015

e lá vem mais chuva

Não sei se é do conhecimento de todos, mas as coisas aqui no sul do Mato Grosso do Sul andam debaixo d'água, quase que literalmente. Já faz um tempão que anda chovendo mais que a média pra época por aqui. Coisa que na cidade normalmente só se ouve falar e tal, mas que quando a gente cresce no campo e depende um bom tanto do tempo (chuva, sol, etc) pra tirar o sustento é que a gente está bem mais ligada nessas coisas. 

Isso tudo só pra mostrar pra vocês os estragos da última chuva, ou penúltima no caso já que hoje já choveu de novo depois de 3 dias de trégua (escrevi isso semana passada). Eu admiro e respeito muito os fenômenos da natureza.





O mais engraçado (não no sentido de rir, mas de curiosidade) é que em São Paulo falta água, tem racionamento e tal e coisa... Esse mundo anda muito virado, será que não está meio na hora da gente enxergar o quão mal a gente está tratando esse nosso (único) planeta?!

terça-feira, 14 de julho de 2015

uma lista sobre o tempo - parte 2

Cinco coisas que você não consegue viver sem:
1- saias;
2- lenços;
3- chá;
4- protetor labial;
5- cobertas.

Cinco hábitos ruins que você tem:
1- guardo rancor, e muito bem guardado;
2- espero demais das pessoas;
3- olhar se tem alguma novidade no celular sempre que dá uma folga;
4- me encher de porcarias quando estou na TPM;
5- Nao escovar os dentes após todas as refeições.

Cinco coisas que você compraria com R$ 1000,00:
1- tecidos, muitos tecidos;
2- o dvd Acústico Sandy e Junior que é o último ítem que falta pra minha coleção ser completa.
3- uma viagem pras cidades históricas de Minas;
4- vestidos;
5- um armário antigo.

Cinco programas de TV que você curte:
1- Gilmore Girls; (já acabou há anos, mas sempre será meu seriado favorito)
2- Bones; (mais um seiado)
3- Deutschlandbilder ou qualquer desses programas que mostram lugares pela Alemanha ou pelo mundo;
4- x:enius (mais um programa alemão com curiosidades sobre ciência e afins. Adoro programas de curiosidades em geral. Assisto muito também aqueles pra crianças, mesmo Die sendung mit der Maus é muito bacaninha e um ótimo jeito de treinar o alemão.)
5- Documentários em geral. Nao consigo lembrar de nenhum específico, mas (de novo) me esbaldava com os que encontrava na tv alemã.

Três coisas que te dão medo:
1- barulhos estranhos no meio da noite;
2- entrarem na minha casa comigo dentro;
3- não poder voltar a morar na Alemanha.

Três coisas que você está vestindo no momento:
1- pijama;
2- casaco;
3- meias.

Quatro dos seus cantores/bandas favoritos:
1- Sandy (e Junior);
2- Rolf Zuckowski;
3- Almir Sater;
4- ????

Três coisas que você quer muito neste exato momento:
1- ter um dia inteiro sem me preocupar se meu filho precisa comer, se precisa dormir, se precisa passear, se precisa atenção, etc, etc.
2- Viajar;
3-  comer algo que não sei o que é.

Três lugares que você quer conhecer:
1- o leste europeu;
2- Chile;
3- interior da França.

A parte 1 está aqui!!

domingo, 5 de julho de 2015

Junho 2015 em fotos

Antes tarde do que nunca...


Em junho começa oficialmente o inverno no hemisfério sul. Pro meu gosto pessoal não é frio o suficiente, mas ainda assim a gente aproveita cada mínima oportunidade pra usar as roupas mais queridinhas nos dias frios, nem que seja só nas primeiras horas da manhã. Meu sonho é ter uma meia calça meio a meio como a que um dia comprei pro Leopold...


Recebi um bom tanto de encomendas esse mês. Fiz inclusive o xale de casamento pra minha cunhada, e pra isso até ressuscitei meus conhecimentos em tricô. 


Como marido tinha muitas viagens programadas pro mês vim com meu pequeno passar esses dias aqui na casa dos meus pais. Eu obviamente aproveitei cada canto delicioso desse lugar que vai ser sempre a minha casa.


Apesar de ser inverno algumas flores dão o ar da graça...


Cestinhas, cestinhas, cestinhas...


Mais charminhos feitos pela Fadentriks.


E como já disse lá em cima, esse mês foi o mês de aproveitar as coisas que só dá pra encontrar aqui. Espaço pra brincar, correr e aproveitar, frutas direto do pé e amizades que duram apesar de distância.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Preocupacao com estética

Uma cultura um tanto peculiar que percebo por aqui é a cultura de querer esconder o que não precisaria ser escondido. Explico: Já morei em alguns apartamentos e cada qual tem lá suas regras. Regras de convivência, de estética e afins... As regras de convivência e de descarte de lixo por exemplo acho super válidas, mas uma que não entendo é quando existem regras que determinam como você deve se comportar dentro da sua própria casa. E não me refiro a som alto e afins, isso é meio lógico, mas infelizmente precisa ser escrito se não a gente nunca sabe que tipo de surpresa pode ter... Eu me refiro mais a coisas mais bestas, tipo a cor da sua cortina ou o lugar onde você pendura as suas roupas... Já tive contato com essas duas regras e eu acho elas bestas. Porque afinal não posso colocar uma cortina colorida na minha casa?? Será que as pessoas do lado de fora se preocupam mesmo tanto assim se minha cortina não é branca?! Que diferença isso faz na vida de quem está passando na rua?? E daí se eu quero pendurar minhas roupas na varanda, que é o único lugar onde pega sol de verdade?? Não posso porque vai ferir a estética do prédio... Porque vai ficar parecendo favela... É sério isso??! É mais importante que as pessoas do lado de fora tenham uma dita "boa impressão" do prédio do que eu querer ter roupas cheirosinhas e bem secas?? Já repararam com as lavanderias das casas/apartamentos são sempre moquifadas, lá no fundo e muitas vezes no escuro?? Como afinal é pra secar roupa num ambiente desse? Num prédio que morei em Curitiba (imagina, Curitiba, umidade quase 100% o tempo todo) a síndica fez todo mundo tirar os varais que ficavam pendurados pro lado de fora das janelas das lavandeira, e detalhe, essas janelas não davam pra rua!! Quase nunca dão!! Eram só moradores do dito prédio que veriam as tao temidas roupas alheias secando... Porque se tem tanto medo de ver roupas de outras pessoas secando no varal?? Acho que todo mundo usa roupa, porque ver elas vestidas é tao diferente de vê-las secando?