For my international friends

sexta-feira, 29 de julho de 2011

bordados e comidas

Depois que a visita foi embora o jeito foi voltar à rotina... o Lukas foi ainda pras ultimas aulas do semestre e eu comecei a bolar mais passeios interessantes aqui nos arredores pra gente conhecer, continuei o bordado que comprei no começo de junho e também procurei mais receitas novas pra testar. Infelizmente o tempo nao está ajudando muito no quesito passeios, porque toda vez que eu programo alguma coisa legal pra fazer acaba chovendo. E chuva é o que a gente mais está vendo por aqui, especialmente nos finais de semana. Logo no final de semana seguinte ao aniversário do Lukas teve um encontro de bolsistas do DAAD aqui em Hamburg e a gente teve que ir lá marcar presença... valeu pela comida gratuita e pelo passeio de barco pelo porto, infelizmente nao levei a maquina fotografica junto nenhum dos dias, mas de interessante mesmo so teria o passeio, mas com o barco lotado como estava as fotos nem iam sair muito boas mesmo.
junho

julho

O pessoal por aqui está no período de férias de verão, o que é meio estranho, porque sei lá, é julho e não tá assim tão quente, por mais que eu não goste de calor, faz toda diferença quando você ouve alguém falando em "férias de verão". Hoje a gente foi passear um pouquinho no centro de novo, está tendo um festival de vinhos em frente à Rathaus... eu sempre fico admirando a estrutura que esse pessoal tem pra essas feiras... enquanto no Brasil sao montadas aquelas barracas de plástico estilo "feirinha do largo de ordem", aqui eles tem praticamente casas de verdade, de madeira, com um acabamento impecável, e tudo detalhadamente decorado, sem falar nas mesas com toalhinhas e arranjo em cima, que tem muito restaurante que nao tem... mais uma vez estava sem a maquina fotografica, quem sabe volto lá outro dia pra tirar umas fotos... Se acabar nao chovendo o fim de semana inteiro como nos está anunciando a previsão do tempo, quem sabe... Por falar em previsão do tempo, amanhã a gente queria fazer um passeio que há muito tempo venho querendo fazer, mas que nunca dá certo. Tem uma região aqui do lado de onde a gente mora, entre a nossa casa e Buxtehude, que se chama "Altes Land" que é onde tem plantações de árvores frutíferas, em especial macieiras e cerejeiras. A região é bastante conhecida pelas frutas e verduras e no começo da primavera diz que fica maravilhosa com a florada das árvores ( ano que vem quero ir na época da florada). Como é aqui perto e tem muitos caminhos de bicicleta queria aproveitar o verão e ir até Jork que é uma das cidadezinhas que ficam ali... Vai ter que ser adiado mais uma vez pro próximo dia de sol ( ou dia sem chuva, tb serve), nem que seja durante a semana mesmo!! No fim de agosto vai começar a colheita de maçãs, acho que isso tb vai ser bem legal de ver, se o tempo ajudar... Quem quiser dar uma olhadinha: http://www.tourismus-altesland.de/startseite. No wikipedia tem em ingles, mas é bem meia boca, quem nao entende, olhe as fotos pelo menos...
Já que entao só chove o jeito é escolher receitas e testar... hoje mesmo tive vontade de comer "Schnecke", que é aquela massa enrolada com recheio de alguma coisa, procurei uma receita e já testei, ficou ótima, a massa é muito boa de trabalhar... tive que inventar recheio pq nao tinha o que eu queria mas ficou bem bom, algumas alterações na hora de montar talvez, e daqui pra frente começar a variar os recheios... hummmm...
almoço do dia 22 julho

Schnecke

Schnecke feitos hoje
Essa semana também reservamos o hotel em Berlin pro final de agosto, agora resta decidir o que a gente vai ver por lá... o que é a parte mais difícil, porque sério, tem muita coisa pra ver e fazer... pelo menos se chover tem museus de sobra pra gente conhecer, o que foi um dos motivos pra escolher a cidade, do jeito que anda chovendo por aqui ultimamente...

sábado, 23 de julho de 2011

the following days (01-03 julho)

Nos dias seguintes, praticamente só choveu por aqui. Sexta foi dia de ficar me casa, e dar um descanso pra visita, que eu acho que já devia estar meio cansada da intensidade dos passeios. Comemos batata, linguiça e chucrute no almoço e mais por fim da tarde fomos andando até o centro de Harburg pra conhecer o nosso bairro. Vimos as casinhas antigas e tortas, o que sobrou de uma igreja, o calçadão, passamos no mercado pra comprar leite, passamos em frente à Rathaus e voltamos pra casa. Foi um bom passeio e esse acho que nem foi tão cansativo. 

No sábado fomos visitar o Planten un Blomen debaixo de chuva, mas pra eles conhecerem o parque, a mami gostou bastante. O jardim de rosas estava todo florido, mas eu esqueci de levar a máquina e não peguei as da máquina do papi. Almoçamos na cervejaria que descobrimos quando os meninos estiveram aqui: Albrecht Brauerei. Tudo muito bom! Voltamos pra casa e à noite tínhamos ingressos comprados prum concerto na St. Michaelis. Se já não tivéssemos pago os ingressos acho que nem iríamos porque a chuva não deu trégua o dia todo... Mas enfim tivemos que enfrentá-la entre as estações de trem e nosso destino. Chegamos meios molhados apesar dos guarda-chuvas, mas o concerto valeu muito a pena, foi muito legal, ver um concerto dentro de uma igreja bonita como aquela "não tem preço" hehehehhehhe Foram quase 2 horas, pelo menos a chuva tinha diminuído um pouquinho pra gente poder voltar um pouco mais secos pra casa.
Domingo foi o aniversário do Lukas. A princípio tínhamos planejado conhecer uma cidade com um castelinho relativamente perto daqui, mas a previsão de chuva nos fez mudar de idéia e juntar o útil ao agradável: o papi queria visitar o museu marítimo, o Lukas também tinha bastante interesse de conhecer então a chuva foi a nossa desculpa. Chegamos lá perto do meio-dia, depois de um café da manhã reforçado e abertura de presentes. Passamos a tarde interira lá dentro, literalmente, tivemos que sair às 18h quando o museu fecha, e ainda não tínhamos visto tudo... também: 10 andares!!!!!! Estávamos quase mortos, eu não sentia mais minhas pernas direito... Só então é que fomos almoçar, comida alemã a pedidos do aniversariante: restaurante da Paulaner. Tudo muito bom, mais uma vez!!
Maritimes Museum

Fazendo nós

papi e mami em frente ao museu

Almoço de aniversário
Na segunda já foi dia de se despedir de novo... e voltar à rotina...

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Hamburg com chuva (30-06)

Quinta-feira foi o dia que recebi a resposta da minha prova de alemão. Com um único erro alcancei o nível B1, que era o esperado pelo teste... Tudo certo pra renovação do visto ano que vem, não preciso mais cumprir nenhuma outra exigência, Ufa!!

Vimos um cruzeiro chegando quando saimos da estação de trem
Depois da notícia, como estava chovendo, resolvemos ir ao museu. Fomos ao 
Museum für Hamburgische Geschichte (Museu da História de Hamburg). Museu gigantesco, passamos quase 4h lá dentro e não conseguimos ver tudo porque as pernas já estavam doendo e a fome quase nos derrubando... Almoçamos no Schweinske da Hauptbahnhof e de lá ainda tivemos coragem de ir até o IKEA, caminhar mais um pouquinho... Pra quem conhece, sabe que lá dentro também se anda absurdamente até ver tudo... acabamos não fazendo grandes compras, mas deu pra mami e pro papi terem uma idéia de como funciona a loja... Ahh, claro, o papi comprou um travesseiro de alemão, que tem um tamanho de 80X80, ficou super feliz... já eu não consigo dormir com "aquilo" hehhehhehe

Voltamos pra casa e mais uma vez nos deliciamos com queijos e cervejas (os que gostam) 

terça-feira, 19 de julho de 2011

Lüneburger Heide

A mami queria conhecer a Lüneburger Heide que é um tipo de vegetação que tem meio perto aqui de Hamburg. Tem informações aqui: http://www.lueneburger-heide.de/ e http://de.wikipedia.org/wiki/L%C3%BCneburger_Heide (em alemão, o Wiki em português está pavoroso, mas quem quiser, fique à vontade). Quero pesquisar melhor pra poder explicar pra vcs exatamente o que é essa vegetação e tal, mas isso vai ter que ficar pra outro post, hoje vou falar só do passeio. Só me lembro que é uma vegetação que se formou em decorrência do uso da terra pelo homem. A história é bem interessante...

Essa é a paisagem típica que estávamos procurando, e pela qual a Heide é mais conhecida
Não foi difícil encontrar informações da respeito da Heide, mas como é uma paisagem e não um museu fiquei meio confusa no começo pra encontrar algum lugar que pudéssemos ir e ver a tal da paisagem, e não só visitar uma cidade que ficasse dentro da Reserva/Parque. Fucei, fucei e acabei encontrando uma cidadezinha chamada Undeloh que me dizia que tinha um centro de visitantes e com um "caminho instrutivo", com placas explicando sobre a vegetação, animais e etc. Me cadastrei no site deles e pedi pra me mandarem materiais informativos, 3 dias depois chegaram pelo correio vários folders e revistas da cidade e da região. Gostei muito de eficiência, e o material é ótimo também. Decidi então que íamos até Undeloh. Entramos no carro, acionamos o Tchê (gps com sotaque gaúcho emprestado dos irmãoszinhos ; quem leu o blog do Claus sabe do que estou falando) e lá fomos nós, por estradas secundárias até a cidade. Caminho muito tranquilo e bonito. Undeloh, é realmente uma cidadezinha minúscula, mas beeem turística... cheia de lojinhas e placas e ofertas de casas de férias, restaurantes e charretes para passeios. O centro de informações é super completo, acredito que tenhamos ficado lá dentro lendo e vendo vídeos por pelo menos 1h30... Muitas informações e fotos e afins, muito interessante. Acabamos almoçando ali mesmo, porque já era passado do meio-dia. Cada um comeu uma linguiça com salada de batata e/ou pão, e o papi e o Lukas experimentaram uma cerveja típica da região.
a cerveja
Para percorrer o caminho todo demoramos cerca de 2 horas, tiramos muitas fotos. Pena que a vegetação ainda não estava roxa, como ela é tipicamente conhecida, mas foi bem interessante e muitas paisagens bonitas. Deliciem-se:
em frente ao centro de informações
uma das charretes
Lukas com umas das ovelinhas (schnucken)


















No fim do passeio ainda voltamos ao centro de informações de comemos um doce. Experimentamos um bolo feito com a farinha de um dos cereais que nascem na região, sobre isso só posso dizer: interessante. eu fiquei no sorvete. Muito legal esse lugarzinho, quero voltar outras vezes, em especial na época da florada, entre final de julho e agosto, e também quero ver mais de perto as Schnucken (tipo de ovelha), que não chegamos a ver durante o passeio, só tiramos essa foto do carro:


e aí? quem quer visitar mais esse lugar com a gente?

sábado, 16 de julho de 2011

visitando Hamburg

O primeiro dia em Hamburg não poderia ser diferente: passamos o dia todo fora conhecendo a cidade, e as principais atrações turísticas. Começamos pelo porto, dando uma olhada na Landungsbrücken e margeando o rio fomos até a St. Michaelis, onde subimos na torre pra ter uma vista geral da cidade. Almoçamos na ruazinha antiga que tem escondida logo ali atrás da igreja.
Landungsbrücken
Landungsbrücken
Michel
Na torre do Michel
Krameramtswohnungen
Krameramtswohnungen
Depois do almoço, passamos nas ruínas da St. Nikolai, em direção à Rathaus. Nessa hora já estavam todos praticamente mortos, porque estava muito quente nesse dia, acho que chegamos aos 30°, pra caminhadas assim é bastante cansativo. Mas como ainda estava no programa um passeio de barco pela Speicherstadt, tomamos um sorvete e embarcamos no barco. Duas horas passeando pelos canais da cidade, com o "motorista" fazendo piadinhas meio sem graça, mas foi bem legal, deu uma perspectiva bem diferente ver as construções de baixo.
St. Nikolai
St. Nikolai
St. Nikolai
Rathaus
passeio de barco
o porto
passeio de barco
E assim foi o dia mais cansativo da viagem, não tanto pelos passeio mas pelo calor insuportável que deixa a gente mole... mas valeu a pena, deu pra ter uma vista geral da cidade...

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Göttingen (27/06)

Na segunda-feira, depois do café da manhã empacotamos as malas e viajamos rumo à Hamburg. Mas como não é uma viagem muito longa (aprox. 2h30), principalmente se o caminho for pela Autobahn, decidimos que passaríamos em algum lugar no caminho para que pudéssemos conhecer... O problema é que na hora de pesquisar, encontrei várias cidadezinhas interessantes, mas em quase todas as atrações mais importantes estariam fechadas, já que era segunda-feira. Surgiu então a idéia de visitarmos Göttingen, a cidade onde o Lukas fez os 6 meses de curso de alemão, e onde a mami e eu o visitamos em janeiro/fevereiro de 2010, para ver como é que ela fica sem neve... hehehhe... Foi então o que fizemos! Göttingen não fica muito longe de Gudensberg, 66Km, segundo o google maps. Estacionamos o carro perto da estação de trem e fomos andando até o centro, o que não é longe.

Saindo do estacionamento
Com a Terra no Caminho dos Planetas
Passeamos pelo centro, revimos algumas coisas que tínhamos visto na última viagem, e mais uma vez a mami e eu tiramos uma foto com a famosa Gãnseliesel (http://de.wikipedia.org/wiki/G%C3%A4nseliesel).

Como era mesmo o nome do nanico?? Ja esqueci
Tirando fotos
Parte do que sobrou do muro
Dentro da Rathaus
Com a Gänseliesel
Pra fechar o passeio com chave de ouro fomos numa confeitaria "almoçar". Da outra vez não conseguimos ir lá experimentar as delícias que vimos na vitrine, mas dessa vez foi quase uma obrigação dar uma experimentada, e com certeza não nos arrependemos. O Lukas já conhecia as delícias de lá, mas pra quem não tinha experimentado ainda foi uma bela delícia!! Eu comi um bolo gelado maravilhoso!!
Escolhendo o bolo
Na confeitaria
 Depois de nos deliciarmos voltamos ao estacionamento, entramos no carro e continuamos a viagem até Hamburg que foi bem tranquila.