For my international friends

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Quem quer caminhar comigo?

Enquanto a neve prometida nao chega, vou deixar vocês com as fotos que tirei há umas 2 semanas atrás durante minha caminhada matinal. Depois da viagem e de passar 1 semana sem caminhar pelo parque eis que quando voltei vi essas paisagens maravilhosas, nao resisti e no dia seguinte levei a máquina a tiracolo. E nao é que valeu muito a pena, apesar de quase ter congelado minhas maos!!!!!























no dia anterior resolveram limpar os caminhos,
só porque eu adoro andar em cima das folhas fazendo barulhos....









Creedo, é muita foto, vou dividir, outro dia coloco as outras...
beijos pra vocês e bom fim de semana!

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

pra divertir

Vi esse vídeo há duas semanas atrás e me matei de rir... acho que daqui pra frente sempre que estiver meio deprê vou assistí-lo, porque sério, rio toda vez que vejo!!

                              

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

um balanço da viagem

Então, agora que já postei coisas bonitinhas sobre a viagem e sobre a história dos lugares que visitei, vou dizer o que eu achei. Assim, foi legal conhecer Köln e a catedral onde uma das minhas bisavós foi batizada, o Schloss Burg também foi super interessante e andar de Schwebebahn foi super divertido. Mas eu sei lá, acho que cansei de visitar cidade grande sabe... é tudo tao cheio de gente, de carros... Düsseldorf pra mim podia ter sido uma visita de meio dia e tava ótimo. O sábado que passamos lá esperando o trem de volta à noite, foi absurdamente cansativo, não tinha nada muito interessante lá pra fazer, ou eu estava ranzinza... mas a cidade não me agradou não... Quem gosta de muvuca e turismo de compras, divirta-se, mas eu pessoalmente não vi nada de mais lá não... nas próximas viagens quero um lugar mais bonitinho, com coisas que realmente me interesso conhecer... Não to mais muito a fim de passear em lugares que todo turista tem que conhecer só pra dizer pros amigos que conheceu sabe... Claro que não foi por isso que a gente foi lá, mas às vezes a gente sente uma cobrança de "como assim ainda não visitou tal lugar???? Tá na Europa tem que ir não sei onde...". Nunca fui de ir atrás do que outros me dizem, sempre foi adepta de conhecer lugares diferentes e menos conhecidos pelo turismo de massa, e cada vez mais isso vem se enraizando dentro de mim. Claro que tem alguns lugares que são "arroz de festa" que quero conhecer, mas sou bem mais fã de conhecer uma vilazinha perdida no meio do nada, com tranquilidade e muito charme...


Alguma dica de viagem assim pra eu fazer no meu aniversário em fevereiro???? Aceito sugestões mesmo gente!!! Vai que alguém tem algum lugarzinho legal guardado na manga... compartilha comigo vai...???

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Solingen und Wuppertal

Solingen, a cidade onde fica o Schloss Burg do post anterior, fica a uns 30 km de Düsseldorf. Dá pra chegar lá com a S-bahn de Düsseldorf e leva cerca de meia hora. O que eu achei engraçado é que a S-bahn pára na Hauptbahnhof, até aí tudo bem, mas nós precisávamos ir até Solingen Mitte pra pegar o ônibus até o Schloss. Quando vi isso achei interessante, e fiquei pensando porque é que tinha dois lugares assim "tão importantes" na mesma cidade, será que ela é tão grande assim? Depois foi que descobri, que Solingen Mitte de grande não tem nada, a parada do trem é num buraco e ao subir uma escada você chega num pequeno terminal de ônibus. E outra curiosidade interessante é que os ônibus (não todos, mas muitos) na cidade são elétricos, chamados de Oberleitungsbus ou apenas Obus! Vocês conhecem bondes certo?! Eles têm aqueles fios todos em cima, de onde eles pegam a energia pra cirular pela cidade, certo?! Pois então, com o ônibus é a mesma coisa, só que não tem trilhos como os bondes, é um ônibus!! Achei muito legal! E o mais legal é que esse ônibus elétrico que a gente pegou vai até quase o Schloss com energia, só nos últimos pontos é que ele desliga a energia e anda movido à gasolina/diesel/sei-lá-o-que. Isso quer dizer andar mesmo fora da cidade, com paisagens de campos e vaquinhas pastando movido com energia!!
prá você verem como é (foto daqui)
Solingen é conhecida como "cidade das lâminas", uma vez que existem muitas fábricas destas há anos funcionando na cidade, muitas delas de bastante renome. Lá fabrica-se espadas, facas, tesouras, navalhas, etc. Estima-se que 90% das facas produzidas na Alemanha sejam produzidas em Solingen. As marcas mais conhecidas que têm suas fábricas na cidade são: Wüsthof, ZWILLING J.A. Henckels, Böker, Wilkinson Sword (clicando nos nomes você terá acesso aos sites das marcas).

Devido a essa fama, depois do passeio no Schloss Burg, queríamos bater perna no centro da cidade pra ver as tais das facas produzidas na cidade e tal... resolvemos parar no centro pra procurar alguma loja. E andamos, andamos e nada, só essas lojas normais que têm em toda cidade, nenhum única loja que vendesse facas produzidas na região!! Pode uma coisa dessa?? Será que a gente procurou no lugar errado?? Será que as lojas dessas coisas estão em outra região da cidade?? Ficamos sem saber... continuamos nosso caminho... 

Já estava programado ir até Wuppertal pra andar de Schwebebahn, e pra isso usamos o mesmo ônibus que nos trouxe até o centro e fomos mais adiante. Por sorte descobrimos que ele passava ao lado do Deutsches Klingenmuseum (o Museu de lâminas) e fomos até lá pra ver se pelo menos lá tinha alguma coisa de facas e afins... Ao descer do ônibus a gente ficou perdido, porque não tinha nenhuma indicação do museu, sorte que meu instinto é dos bons e rumamos pro lado certo! Essa parte da cidade, que antigamente era uma outra vila (Gräfrath), é muito, mas muito mais bonita que o centro da cidade, sério, parece outro lugar porque vou te contar, Solingen Mitte é muito feia! Aqui encontramos casinhas típicas da região, cobertas com essas pedras pretas, uma graça só, e o sol ainda resolveu dar o ar da graça, podia ser melhor??
rua de casinhas típicas
o que acredito ser o antigo centro
o sol resolveu nos agraciar no fim do dia
Encontramos por fim o museu, pena que as pernas não aguentavam mais uma caminhada por dentro dele, acho que pode ser bem interessante!
o Deutsches Klingenmusem
a frente do museu
O Lukas até deu uma olhadela na giftshop, mas não tinha muitas coisa interessante pra comprar por lá. Mas pelo menos vimos as lâminas produzidas na cidades!!!hehheheh

Depois do passeio pelo bairro bonitinho da cidade, tomamos mais uma vez o ônibus e fomos até Wuppertal!!

antiga Rathaus de uma das vilas que formaram Wuppertal
Wuppertal  é, com cerca de 350.000 habitantes, a maior cidade e centro industrial, cultural, de pesquisa e formação da região chamada Bergisches Land, que é uma região em Nordrhein-Westphalen.  Ela é chamada de Großstadt im Grünen, que quer dizer cidade grande no meio do verde. A cidade foi criada em 1 de agosto de 1929 da junção de algumas vilas e pequenas cidades, e desde 1930 carrega o nome Wuppertal, que se refere à sua localização ao lado do rio Wupper, escolhido em plebiscito . A cidade é conhecida especialmente pela Schwebebahn , que nada mais é do que um trem suspenso. Foi desenhado por Eugen Langen, inaugurado em 1901 e funciona até hoje como sistema de transporte público na cidade. Quem se interessar mais vale a pena visitar o site. Além da Schwebebahn a cidade ainda abriga a companhia de dança Pina Bausch e um famoso filho da cidade é o filósofo Engels. 
vista de dentro da Schwebebahn antes de comecar a andar
vista da Hauptbahnhof

O nosso ônibus nos deixou em Vohwinkel que foi onde pegamos a Schwebebahn. Eu me diverti horrores andando naquele negócio, me senti numa montanha russa sem loopings!!! ehhehe Veja o vídeo abaixo, dá pra ter uma idéia de como é andar nele... Eu achei o máximo!

        

E foi esse nosso passeio em Wuppertal. Até demos uma volta pelo centro, mas mais uma vez nada de interessante, ou o cansaço já estava realmente batendo. A única coisa legal que vimos por lá foi a fachada do Museu de relógios (Wuppertaler Uhrenmuseum).

foto daqui

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Köln

Obviamente aproveitamos a viagem para conhecer Köln, não iria perder a oportunidade de conhecer a grandiosa catedral onde uma das minhas bisavós maternas foi batizada né?!! Na realidade conhecer Köln foi meio que o motivo principal de escolhermos aquela região, tinha que ser feito antes de voltarmos ao Brasil, sem sombra de dúvida! O resto dos passeios e lugares conhecidos foram puramente consequência!


---
A metrópole do Reno, Köln ou em português Colônia, é uma cidade de mais de 2000 anos de história. 

Köln foi:
- na antiguidade, capital de uma província romana e por algum tempo também residência imperial;
- na Idade Média, uma das mais importantes cidades medievais da Europa - uma metrópole - e por muito tempo a maior cidade do Império Romano-Germânico;
- no século XIX, cidade fortaleza da Prússia.
St. Andreas - uma das igrejas românicas
uma porta da St. Andreas
Römisches Nordtor
Köln foi em todos os períodos históricos uma cidade de grande importância. Por isso sua história é um marco entre as grandes cidades alemãs, da qual quase nenhuma outra pode mostrar. Uma característica única, mesmo na Europa, é que a Köln de hoje é regida do mesmo ponto de onde a Köln romana o era, já que a prefeitura foi construída no mesmo lugar e sobre as ruínas do Praetorium, o palácio do governador da província romana a partir do século I, e também os reis francos no início da Idade Média regiam a cidade daquele mesmo ponto. 
replica de um capitel que fica láááá em cima das torres,
pra ter uma idéia do tamanho

dentro do Dom
relicário dos reis magos
minha foto artística que gostei tanto!!

Köln tem o mias antigo brasão da Europa e a primeira prefeitura da Alemanha assim como o mais antigo sistema de registro de terras, chamado Schreinbücher (nomeado pela forma com que eram armazenados: dentro de recipientes, ou santuários=Schreiner), e a primeira universidade civil da Alemanha.
sininho
eu apreciando a vista do Reno lá de cima da torre sul da catedral
vista do Reno lá de cima da torre sul da catedral
Difícil encontrar outra cidade que ainda tenha sua paisagem urbana ainda tao influenciada por sua história de mais de 2000 anos, como sua estrutura viária no centro e algumas áreas reservadas à monumentos e memoriais, por exemplo parte dos muros da cidade medieval.
parte antiga da cidade com s Groß St. Martin
Groß St. Martin
Já ouviu falar em água de colônia?! Pois sim, vêm daqui!!
E essa marca 4711 é mundialmente famosa, e perfume que sempre vai em lembrar da minha querida Oma Christa
A igreja românica St. Maria im Kapitol está sobre o antigo capitólio e a igreja românica Groß St. Martin fica sobre os fundamentos de alguns armazéns do século II que ficavam logo em frente aos muros da cidade romana.
escavações acontecendo perto da Rathaus,
tem muita coisa antiga sendo descoberta por ali
torre da Rathaus
Ao longo da história também o nome da cidade mudou continuamente. Os romanos chamavam a vila fundada em 19 a.C. de Oppidum Ubiorum, e depois que recebeu o título de cidade passou a ser chamada Colonia Claudia Ara Agrippinensium, e mais tarde conhecida somente por Agrippina. Na época do francos, passou a ser chamada somente Colonia. Daí desenvolveu-se na Idade Média os nomes Coellen e Coeln, derivados do Colonia Agrippina em latim, e em tempos mais modernos Cöln e a partir de 1919 passou a vigorar Köln, ou Kölle no jeito falado.



O atrativo mais conhecido de Köln é com toda certeza a catedral! Linda e imponente! É de tirar o fôlego mesmo (e não só subindo os quinhentos e tantos degraus da torre sul!). Só a história dela seria digna de um post, mas não vou aborrecê-los tanto, quem quiser saber mais tem muitos sites pela internet afora com informações sobre a construção, sobre os órgãos, as janelas, as torres... têm informações para todos os gostos e tipos de curiosidades diferentes. Quem mora na Alemanha ainda conta com muitos documentários sobre a catedral também, eu já vi vários, e tem sempre coisa nova pra se descobrir!


Tem esse vídeo aqui, que mostra um visão 360° de alguns pontos dentro e fora do Dom, quem tiver interesse!
Os próximos são um resumão mesmo sobre a construção - para os que entendem alemão! Eu gostei muito do esquema dos vídeos! Super explicativos!





Os próximos dois são longos, pra quem está sem fazer muita coisa... ehheheh... mas vale muito a pena, tanto pela história quanto pra treinar o alemão!




---
Além disso existem na cidade pelo menos 12 igrejas românicas, queríamos visitar todas, mas não houve tempo e nem pernas suficientes parar tanto, ainda mais que além dessas no centro da cidade existem muito mais igrejas... No mapa turístico estão sinalizadas 27, só na parte central da cidade!! Dá pra imagina né?!! É muita coisa!! Passamos o dia na cidade e nao chegamos a ver tudo que nos interessava, quem dirá algum museu... E também são muitos, só pra citar os que me interessariam pessoalmente: Römisch_Germanisches Museum; Senfmuseum; Schokoladenmuseum, etc, etc... Enfim, precisa-se de muito tempo na cidade pra conhecer tudo isso e muitas outras coisas que nem citei aqui porque senão iria ficar um texto muito mais extenso. Resumindo?! Vale muito a pena conhecer Köln, opções de coisas pra ver e fazer na cidade não faltam!



Fontes; http://de.wikipedia.org/wiki/K%C3%B6ln;
http://www.guenter-lehnen-koeln.de/Koeln-Geschichte.html