For my international friends

sábado, 11 de janeiro de 2014

2014: A Mudança

O ano que mais temia agora está aí. O ano que precisamos voltar ao Brasil, sem perspectivas de nada, só sabendo que precisamos deixar a maior parte das nossas coisas prá trás, porque mudanca é caro pra burro. Por aqui está assim, batendo aquele sentimento bom por poder rever amigos queridos, mas com muitas incertezas e a tristeza de deixar esse país que amamos tanto e com o qual no idenfiticamos imensamente. Vai ser difícil, já está sendo na verdade, pensar em tudo que nao podemos levar, em ter que comecar tudo do zero de novo... Mas enfim, vamos ter que enfrentar mais esse desafio nas nossas vidas e se Deus quiser tudo se arranja e depois dos 4 anos abrigatórios no Brasil quem sabe Ele nao nos traga de volta os nos leve a outros lugares?! Quem puder/quiser ore por nós, por todas as decisoes a serem tomadas e por muita calma e paciencia quando de volta ao país de origem. E também quem souber de empregos/bicos e afins pros meses entre maio e outubro estamos aceitando já que se tudo der certo o Lukas consegue uma bolsa de pós-doc, mas que comeca só em outubro, até lá ainda nao sabemos o que fazer pra botar comida na mesa. Estou pensando seriamente em oferecer minhas artes crocheteiras por aí... Alguém precisando de mantinhas pra bebês e criancas? Estou fazendo! Lembram da primeira colcha que fiz pro Leopold? E por hora já comecei mais uma, algo desse tipo assim. Que tal?

16 comentários:

  1. Sei que o meu caso nem se compara ao de vocês, mas também passei por isso. Tive que voltar ao Brasil e ficar um ano e meio por conta da bolsa de doutorado que recebi do Brasil e foi muito triste, porque já tinha conhecido o meu esposo, namorado na época, e foi muito difícil dizer adeus, por isso senti um apertinho no peito quando li o seu post. O importante é que vocês vão estar juntos, os três. E sempre estarão em qualquer lugar que a vida leve vocês. Dizer adeus e deixar pra trás toda uma vida construída ao longo desse tempo é doloroso, mas dos planos de Deus a gente nunca sabe, então é uma questão só de deixar Ele agir e se for da vontade Dele que vocês voltem pra Alemanha, assim acontecerá. Vou sim pedir por vocês!
    beijos
    Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realemte, pelo menos estaremos todos juntos e é isso que mais importa, com toda certeza! Mas que dá um aperto no peito deixar tudo o que a gente construiu até aqui pra trás ahh isso dá!

      beijao

      Excluir
  2. hum quem sabe tb dar aulas do que vc sabe nessa área de croche, costura numa assossiacao de bairro ou no sala de uma igreja, paróquia, eu adoraria aprender, uma idéia :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao sei se tenho cacife pra dar aulas barb... tudo que eu sei meio que aprendi sozinha. Mas vamos vendo o que aparece por aí... Vamos ficar de olhos bem abertos. Muito obrigada pela dica!!
      beijo

      Excluir
  3. Ahh que triste e feliz né! Depois de viver um tempo nesse país maravilhoso, ter uma vida montada aí, voltar pro Brasil e recomeçar vai ser duro. Muitas vibrações boas para vocês nessa caminhada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, sempre esse sentimento dúbio... Mas faz parte dessa vida, vamos ver onde Deus ainda vai nos levar!
      Obrigada pela torcida!!
      beijao

      Excluir
  4. Oi Babi, então vocês têm que ficar quatro anos no Brasil? Deve ser muito difícil voltar, até porque vocês se adaptaram tão bem à Alemanha. Tente fazer o melhor durante esses quatro anos, e se depois vocês ainda tiverem vontade de voltar à Alemanha, vocês voltam! Estou torcendo aqui pra vocês, pra que dê tudo certo no Brasil e que você encontre um emprego que te faça feliz. Essa de crochetar é uma boa, porque você não abre uma lojinha online? Há vários sites que já oferecem o suporte, você só tem que fazer um cadastro. Bom, cada site tem suas próprias regras né, mas olha no Etsy, na Tanlup, são as que eu lembro agora. Eu acho Etsy mais legal porque é voltado pra coisas feitas à mão e pessoas de todo mundo podem comprar suas coisas :)

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, a bolsa que recebemos aqui exige que fiquemos pelo mesmo tempo por lá "pagando" o que recebemos, o que acho justo, claro, mas o governo também nao da garantia nenhuma de que a gente vai ter emprego lá depois disso, entao é tudo meio contraditório... enfim...

      Boa idéia essa de anunciar em lojas online, o problema é que nao tenho nenhum "estoque", tinha pensado em fazer mais coisas por encomenda, porque afinal tenho um bebeê pequeno em casa, a producao nao tem condicoes ainda de fazer um bom estoque pra oferecer pra galera... Mas vamos amadurecendo as idéias e ver o que consigo! Obrigadao!
      beijos

      Excluir
  5. Bárbara, imagino como deve ser difícil pra vocês, já que pelo que acompanho do seu blog, dá mesmo pra sentir como vocês se identificam com a Alemanha. E vc tem razão, tudo vai se arranjar. Mesmo. Fiquei pensando em situações que passei na vida em que eu não tinha perspectiva de nada (fiquei desempregada no mesmo tempo que terminei um namoro de 7 anos, emagreci horrores, sofri, enfim...) E na hora certa Deus nos ampara e ajuda sim!!
    Eu só posso desejar que tudo se ajuste quando vocês chegarem ao Brasil. Que o seu marido encontre um trabalho o quanto antes e que vocês se fortaleçam ainda mais como indivíduos e como família. Você é muito talentosa, tenho certeza que você vai conseguir ganhar dinheiro com as suas artes :-). Quando vocês voltam ao Brasil? Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Sandra, no final sei que tudo vai se arranjar... Mas que bate aquela incerteza e um certo desespero ahh isso com certeza!
      Nós voltamos em abril, no máximo comeco de maio precisamos estar por lá!
      beijo

      Excluir
  6. Ai, não posso negar que fico feliz com a volta de vocês!! Vai ser bom ter vocês mais perto, mesmo que não na mesma cidade... mas no mesmo país já fica mais fácil de matar as saudades né... e tô doida pra conhecer o pequeno também!!
    Mas apesar de gostar de ter vocês mais perto, ainda assim torço pra que depois do período obrigatório por aqui, vocês consigam voltar, já que é aí que vocês se sentem mais "em casa"...
    E vai ser difícil essa correria com mudança, ainda mais com bebê junto né... mas tenho certeza que vai dar tudo certo!! Podem contar comigo se precisarem de algo!!! No que puder ajudar, estou aqui!!!
    Saudades enormes!!!! Voltem logo!! Hehe!
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh Carla, com certeza também estou super feliz em podermos nos ver de novo e conviver mais de perto! E muito obrigada pela força de sempre!! Final de abril estamos aí!!!

      Excluir
  7. Estarei orando por você querida,e tenho certeza que dara tudo certo.

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Olá Bárbara,
    Tenho andado afastado dos blogues (até do meu!) por causa das fotografias que me absorvem quase o tempo todo e por isso não vinha até cá há tanto tempo.
    Percebo que vai ser um ano difícil para vocês, mas com certeza que encontrarão soluções e lutarão para que o vosso Leopold tenha um futuro melhor possível. É o que vos desejo, e um pouco de sorte que também ajuda :-)
    Saudações

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo bem Luis, também nao ando tendo muito tempo para blogues, só de vez em quando consigo parar e comentar... Com certeza será um ano um tanto difícil. Muito obrigada pela torcida!
      abracos

      Excluir

Conte-me o seu segredo...