For my international friends

quarta-feira, 19 de maio de 2010

primeiro...

Olá a todos!!
Há tempos venho pensando em começar um blog. Não sei exatamente porquê... talvez eu goste que as pessoas me entendam, e saibam o quê eu penso, ou talvez só uma forma de desabafar e pôr as coisas prá fora... Independentemente do motivo, até que enfim tomei a iniciativa de finalmente começá-lo!! E aqui estou eu!!
Como turismóloga, provavelmente escreverei bastante sobre impressões pessoais de visitas que já tenha feito, ou tenha muita vontade de fazer. A princípio queria ter começado a escrever durante minha visita à Alemanha, em janeiro deste ano, mas como a preguiça normalmente atrapalha alguns planos... Mas ainda pretendo, num dia desses escrever o que eu me lembrar a respeito!!
Mas também não vou escrever só sobre turismo, eu me meto em outras coisas também. Minha cabeça tem divagações bastante interessantes de vez em quando, o difícil é pôr isso tudo prá fora, porque normalmente minhas idéias mais doidas e das quais mais gosto, vêm quando deito na cama prá dormir (o que obviamente não acontece), e eu acabo tendo preguiça (mais uma vez ela) de sair debaixo das cobertas, pegar um caderno, ou folha, ou bloco, ou qualquer coisa escrevível, e registrar o que se passa dentro do cérebro (será que as idéias passam realmente “dentro” do cérebro??). Eu realmente gostaria que inventassem uma máquina que lesse pensamentos (só prá esses casos, logicamente)... seria tão mais fácil, vocês iam ver que de vez em quando tem umas coisas bem interessantes na minha cabeça, mas de manhã já foi tudo embora... Quem sabe depois que eu morrer, Deus não possa me dar a fita dos meus pensamentos prá eu compartilhar com a galera, porque eu realmente acho que Ele deve ter uma máquina que registra essas coisas...
Bom, já deu prá perceber que não sou uma pessoa lá muito normal, e sinceramente, é o que eu realmente gosto a meu respeito, o fato de eu ser meio doidinha de vez em quando... porque afinal, existe alguém realmente normal nesse mundo???!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...