For my international friends

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Sinto falta do meu porao

Com essa montueira de caixas espalhadas pela casa devido a mudança fico me perguntando o que é que se faz com elas depois. A resposta eu obviamente sei, vai tudo pro lixo e se você fizer uma nova mudança em alguns meses vai ter que sair a cata de novas caixas. Aí me faz pensar na real utilidade de um porão ou sotao. E não estou falando só de casas não, na Alemanha quem mora em prédio também tem direito a um porão ou sotao pra guardar tralhas.  Sabe aquelas coisas bestas que a gente precisa guardar, mas não precisa usar sempre, tipo cadeira de praia (pra usar um exemplo tropical, hhehhe), ferramentas, bicicletas, caixas de seus eletrodomésticos pro caso de uma possível mudança e tantas coisas que a gente precisa guardar mas nunca sabe onde?!! Eu no começo achei bem estranho ter um lugar desses quando primeiro tive contato com tal, mas agora, que as coisas vão se acumulando pela casa, e a gente não sabe onde enfiar sinto a maior falta do meu porão (que no caso era um sótão)...

4 comentários:

  1. Nossa Babi, eu imagino. Eu já não sei como seria viver numa casa sem porão. Infelizmente é uma utilidade ainda desconhecida em muitas casas brasileiras....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nao é Ana!! To sentindo uma falta danada, mas quem sabe um dia o pessoal descobre a verdadeira utilidade de se ter um porao!!

      beijokas

      Excluir
  2. Oi Oi Bárbara! Também estranhei muito o porão logo que cheguei em Hamburgo, mas hoje acho muito prático, principalmente para guardar as bicicletas. É melhor do que ficar subindo e descendo escada com elas, além de não ficarem no meio do apartamento :) Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poem prático nisso... Ta com um monte de caixas entulhadas aqui na lavanderia, e toda vez que preciso lipmar fico com saudades do nosso sótao... E pra bicicletas entao, mega facilidade!!

      Excluir

Conte-me o seu segredo...