For my international friends

sexta-feira, 9 de julho de 2010

onibus(es)

Na terça-feira cheguei aqui na fazenda, onde vou passar minhas merecidas férias depois de terminar a faculdade...Isso obviamente depois da longa viagem que é o trecho entre Curitiba e Amambai (onde desço do busão). Depois de quase 10 anos percorrendo esse mesmo trajeto pode-se dizer que já me acostumei com e lerdeza com que os motoristas funcionam e pude perceber a evolução dos ônibus desde então. Quando o trajeto é durante a noite, é tudo uma beleza, pq o ônibus não pára em quase lugar nenhum, só 2 vezes pra lanche e banheiro... O incômodo maior é normalmente das pessoas “super educadas” que por vezes viajam de ônibus... E tem de tudo: gente que conversa a viagem toda, gente que deixa a luzinha acesa a viagem toda, gente que acha que você e todo o resto do ônibus tem que ter o mesmo gosto musical estragado que eles, e por aí vai...Sorte que consigo dormir na maior parte das vezes! Não diretão, mas dá pro gasto.

O problema maior é quando ele faz o trajeto dentro do MS (Mato Grosso do Sul)!! Ele pára prá qualquer pessoa que erga o braço no meio da rua, será que essas pessoas já ouviram falar em rodoviária??!! Sério não sei então porque se demoram tanto nestas já que a maioria dos passageiros mesmo pega o ônibus em outro lugar... e é a parte que mais me irrita, principalmente quando estou vindo pro MS, já que é o fim da viagem, já não dormi o suficiente e a bunda está mais que quadrada de tanto ficar sentada!! Daí ainda entra aquele povo fedido, que toma banho só de vez em quando, isso quando não carregam a mudança inteira dentro do ônibus (gato, galinha, periquito, papagaio, etc, etc) E por favor, mixirica, poncan, bergamota dentro do ônibus não né, já não basta o pão com mortadela com aquele aroma agradabilíssimo?!...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...