Pular para o conteúdo principal

Reinbek

Reinbek é uma cidade de cerca de 26.000 habitantes localizada a oeste de Hamburg fazendo parte de sua região metropolitana. Fica um pouco adiante do bairro Bergedorf que a gente já visitou.  Ela foi mencionada pela primeira vez por volta de 1226, e foi reconhecida com cidade em 1952. A cidade está localizada às margens do rio Bille, que foi represado nessa altura pra movimentar um moinho. 


Poupada das ondas de destruição da Segunda Guerra Mundial, a arquitetura da cidade de Reinbek expõem diversas construções de diferentes épocas da história da arquitetura do norte da Alemanha, começando pelo renascimento holandês, passando pelas mansões da época do Império, o expressionismo das construções de tijolo da República de Weimar, as grandes construções da década de 1970 até chegar à arquitetura dos anos 90. 

O edifício mais antigo e mais importante em Reinbek é o Schloss Reinbek no estilo renascentista holandês. O duque Adolf I. von Gottorf mandou construir o Schloss entre 1572 e 1576 na forma em que se encontra até hoje. Primeiramente serviu com residência secundária da família dos governantes, durante a regência dinamarquesa abrigou o oficial de justiça, e mais trade foi brevemente sede do distrito de Stormarn. Na atualidade, após ter sido restaurado, está disponível pra uso público, o que quer dizer que pode ser alugado para conferências, casamentos, encontros musicais e assim por diante. 


O Schloss é aberto a visitação de quarta a domingo das 10h às 17h. 


Fontes: Wiki Reinbek;   Wiki Schloss Reinbek;   Site oficial Schloss Reinbek

Originalmente publicado em: 12 de junho de 1012

Comentários

  1. oi Babi!!!
    uma graça este lugar... pequeno, mais com prédios cheio de histórias... isso é legal aqui na Europa, tudo tem uma história bem longaaa...
    beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!!
      é bem isso né?! Todo cantinho que a gente olha tem uma história pra nos contar!! É o que eu mais gosto por aqui...

      beijos

      Excluir
  2. Oie!!
    Parece uma graça esse lugarzinho! :) E as fotos tão ótimas! E o dia parece bonito! Aqui em Curitiba só tá nublado ultimamente! Deprimente!! Hehe!
    Beijoo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla!! Os dias aqui também estao quase sempre nublados, a dica é usar os poucos minutos em que o sol aparece pra tirar as fotos!!! hehhehehe
      beijo

      Excluir
  3. Eu admiro muiiito a forma que vc faz com que o lugar mais simples do mundo(nao que esse seja) passa-nos um desejo enorme de ser visitado, sem falar nas fotos que sao sempre lindas, parabéns!!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Wilqui!! É bem essa a minha intençao, despertar nas pessoas a vontade de viajar e conhecer os lugarzinhos escondidos que existem por aí, nem que seja o parque da cidade onde mora!!

      beijo

      Excluir
  4. Meu sonho de consumo é morar em Reinbek :)
    Lugar ótimo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito simpático o lugarzinho né?!! Ficamos babando em algumas casas lindas por lá que pareciam estar abandonadas...

      Excluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…