Pular para o conteúdo principal

Andando de bicicleta na Alemanha

Pode parecer tudo muito simples, subir na bicicleta e pedalar pra onde quiser... Mas aqui a bicicleta é um meio de transporte como qualquer outro, e deve respeitar as regras de trânsito como qualquer veículo e os pedestres! A regra básica é que as bicicletas andem pelas ruas mesmo a não ser que existam caminhos específicos delimitados pra elas. Vou mostrar algumas regrinhas pra vocês que a gente foi aprendendo com o tempo. Não posso dizer se tudo isso está escrito em alguma lei e tal, e nem se estou 100% certa, mas fiz uma pesquisa básica na internet pra descobrir alguns detalhes. A maioria do que vou dividir com vocês foi adquirido com a experiência e observação mesmo, quando dos nossos passeios por aqui. 
Essa é a placa que sinaliza a ciclovia
Fonte: http://www.n-tv.de/img/57/578833/Img_16_9_450_radweg.jpg
- Você deve sinalizar com os braços os seus próximos movimentos. Por exemplo, se for virar à direita, estique seu braço direito, se for para a esquerda, estique o braço esquerdo. Para sinalizar que está parando levante o braço de forma que o cotovelo fique apontado para baixo, como um sinal de "pare" mesmo, mas que seja visível também para quem vem atrás de você (especialmente para esse). 
Pra quem aprende de crianca é fácil!!
fonte: http://www.vs-geiselhoering.de/gs/Unterricht/Radfahren/Bilder/P5310011.jpg

- O uso do capacete não é obrigatório, mas altamente recomendado!!!

- Aqui em Hamburg (não sei como é em outras cidades) quando a ciclovia é na calcada ela é muitas vezes num tom diferente da calçada, aqui no caso é vermelho... Quando você for pedestre, preste atenção para evitar andar sobre essa parte vermelha e se ouvir um sininho fazendo "tlin tlin", saia da frente porque algum ciclista está querendo passar e você provavelmente está sobre a ciclovia. No começo eu tive dificuldade de perceber se estava andando na ciclovia e peguei até pavor do tal do sininho, mas depois que acostuma as coisas ficam mais simples.
a demarcacao na calcada
fonte: http://www.duesseldorf.de/verkehrsmanagement/grafik/rad_radwbeider440.jpg
- Mesmo que você esteja na ciclovia ande sempre na mesma direção que o trânsito de carros!!!! A não ser que esteja especificado que a via seja de mão única, ciclovia também tem lado que vai e lado que vem!! Que no caso é sinalizado com a placa abaixo:
placa sinalizando via dupla
fonte: http://www.schilder-moedel.de/_Bitmap/gif72g/vz1000_33.gif

Ou pode ainda haver marcação no chão:
marcação no chão
fonte: http://vcd-m.org/pics/radweg.jpg

- Mesmo que haja ciclovia, você não é obrigado a andar nela, trafegar na rua é seu direito! (por mais que eu morra de medo de ser atropelada ou xingada). Crianças de até 9 anos podem andar na calçada mesmo que não seja ciclovia.

- Ciclistas também podem ser multados e receber pontos na carteira de motorista. As regras de trânsito são as mesmas para todos, se você desrespeitar alguma, pode tranquilamente ser parado pela polícia e multado se for o caso. Nesse caso também entra dirigir alcoolizado, falar ao celular, não estar com as duas mãos no guidão (a não ser que esteja sinalizando), a bicicleta não estar com os equipamentos obrigatórios (freios, buzina-vulgo sininho, luz dianteira e traseira, refletores(!!

- Para atravessar a rua onde existem sinaleiros cabe ao ciclista respeitá-los, e no caso de faixas de pedestre, deve-se descer da bicicleta, atravessar empurrando sua amiga e depois que tiver atravessado continuar seu caminho (desde que do lado certo da rua, ok)
PS. Aqui na Alemanha não existe faixa de pedestre e um semáforo ao mesmo tempo. Quando tem semáforo a delimitação/marcação na rua é assim:
Para os pedestres a travessia acontece (no sinal verde, obviamente)
entre as linhas pontilhadas da direita, e dos ciclistas à esquerda.
 
fonte: http://2.bp.blogspot.com
Já quando você se deparar com faixas do tipo que conhecemos no Brasil, isso quer dizer que os pedestres tem preferência para atravessar ali, e todo carro que estiver na rua vai parar pro pedestre atravessar, mesmo que não haja sinaleiro!!
ciclista atravessando na faixa - essa placa aí sinaliza aos motoristas
que eles precisam parar se algum pedestre quiser passar
fonte: http://www.noz.de/lokales/60205080/684-euro-fuer-zusaetzlichen-radfahrer-hinweis-stadt-bramsche-laesst-verkehrszeichen-montieren
Mais algumas placas que são interessantes de conhecer:
Proibido bicicleta
fonte: http://www.toool-factory.com/artikelbilder/18Verkehrsschild_nach_STVO_Typ_1_Nr_254_Verbot_fuer_Radfahrer_53_5728_g.jpg
Fim da ciclovia
fonte:http://t2.ftcdn.net/

Caminho de pedestres (o círculo azul), mas também liberado para ciclistas (o branco embaixo)
fonte: http://www.goettinger-tageblatt.de/var/storage/images/gt-et/nachrichten/goettingen/uebersicht/weg-frei-fuer-neuen-radweg-am-wendebach/5348107-1-ger-DE/Weg-frei-fuer-neuen-Radweg-am-Wendebach_ArtikelQuer.jpg
Caminho compartilhado por pedestres e ciclistas
fonte: http://www.wolkdirekt.com/images/600/536034/verkehrsschild-nach-stvo-nr-240-gemeinsamer-fuss-und-radweg.jpg

Caminho separado para pedestres e ciclistas - isso normalmente quer
dizer que ali existe uma ciclovia demarcada - muito comum em calçadas
fonte: http://www.wolkdirekt.com/images/600/535967/verkehrsschild-nach-stvo-typ-1-nr-241-31-getrennter-fuss-und-radweg.jpg

Tem mais algumas informações aqui para quem tiver interesse.

Comentários

  1. do disqus:

    - Caracas Babi quando organização... Acho Hamburgo lindíssima...estou pensando seriamente em termos bicicletas aí! feliz Páscoa!!!! semana que vem já estou aí ... beijoss - Ana Gaspar

    - Legal! Nao sabia que você também morava aqui em Hamburgo, Bárbara, que mundo pequeno ;-)
    Ah, uma amiga minha, em Colônia, levou uma multa uma vez por estar andando com sua bicicleta do lado errado da rua. E outra por atravessar no sinal vermelho... Ou seja, as leis valem de verdade, nao só na teoria ;-)
    Beijo, - Karen

    - Tenha mesmo Ana, vale muito a pena... dá pra fazer tudo de bicicleta por aqui!! Além de prático é saudável né?!! - babisenberg

    - Oi Karen!!
    Moro em Hamburg sim, você também né?!! Que legal!! Mundo pequeno mesmo...
    A gente aqui nunca levou multa, mas já levamos xingao de uma moca, mas é que a gente ainda nao sabia né... depois fui me informar pra tentar nao cometer mais nenhum erro...
    beijos - babisenberg

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do post!
    Quando voltar a falar de bicicletas no meu blogue vou indicar este local para mais informação :-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Luís!! Que bom que gostou do post, tentei deixá-lo o mais informativo possível.

      Excluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…