Pular para o conteúdo principal

paisagens

Uma vez me disseram que eu tiro muitas fotos de paisagens e que as pessoas não gostam tanto de ver fotos de paisagens, que elas preferem ver fotos de pessoas. Às vezes ainda fico triste pensando nesse comentário. Eu gosto de ver fotos de paisagens e mais ainda de fazer fotos de paisagens...
foto de 2009 - Mato Grosso do Sul
Pessoas são muita chatas de serem fotografadas. Algumas fazem poses ridículas, outras têm vergonha e se escondem obrigando o fotógrafo a sair correndo atrás pra conseguir que tal pessoa apareça em alguma foto, e com essa tal de modernidade ainda tem o tirar zilhoes de fotos porque tem sempre alguém que não gostou da cara que fez no último clic. Mesmo porque depois de alguns anos surgem comentários do tipo: "tira essa foto daí, eu estou com uma cara horrível" e muitas outras do mesmo gênero. Quem nunca passou pela situação de colocar no facebook ou montar um álbum em que algumas pessoas quando vêem começam logo a reclamar que o cabelo delas na época era ridículo, que as roupas não sei o quê, e pedem/imploram de joelhos que você tire as fotos dali porque elas não estão satisfeitas com o resultado?! Eu amo olhar fotos antigas e ver como mudamos, e acho ótimo ver como as pessoas se vestiam, o que estavam comendo, e como se comportavam em frente à máquina. Eu não vejo nada de vergonhoso em ter tido um corte de cabelo ridículo no passado (ou qualquer outra coisa) por exemplo. Tem gente que só falta matar o fotógrafo porque eles não querem admitir, ou se orgulhar do jeito que eram há alguns anos. E daí se tem uma pose ridícula? E daí se o cabelo não estava arrumado como hoje em dia. Acho que dá pra se divertir vendo fotos do passado e não ficar nessa neura de que tudo tem que ser perfeito, desde que nasceu você tem que ter se vestido da maneira "correta", ter o cabelo da moda atual, não ter brincado com seus amigos de tirar fotos ridículas numa festa. Eu graças a Deus tenho muitas fotos tiradas de maneira besta que gosto demais, mas não compartilho senão posso ser linxada pelos outros personagens das fotos.
foto de 2005 - Piauí
Pelo menos as paisagens não são exigentes, não querem passar perfume pra sair em foto, não fazem caras e bocas, não reclamam do resultado. Tirar fotos de pessoas é uma arte, reconheço, mas definitivamente não é pra mim.  Eu continuo firme e forte tirando minhas fotos de paisagens, que tanto gosto e me orgulho dos resultados. Quem não quiser ver que não veja, eu gosto delas, e vou continuar tirando zilhões de fotos de paisagens!!

Comentários

  1. Oi Barbara!
    Eu vejo e adoro fotos de paisagens! =)
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu também adoro fotos de natureza, paisagem!!! Lindo

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bárbara!

    Concordo contigo, é muito chato tirar foto de pessoas. Sempre tem alguém que não fica satisfeito e reclama depois. Eu adoro minhas fotos antigas e não acho que existam fotos "queima filme". Claro que se for foto de algum momento super constrangedor não faz sentido publicar, mas não acredito que fotos do nosso passado queimem o nosso filme. Acho até engraçado quando alguém divulga uma foto minha antiga com o cabelo armado, dentes separados, aparelho e tudo mais. Sempre fico rindo!

    Como nem todos pensam assim, é mais "fácil" continuar com as fotos de paisagens mesmo. Eu adoro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E nao é Rafaela?! A paisagem nao reclama de como está aparecendo na foto, quem pode ser crítico nesse caso é o fotógrafo e pronto! Sem frescuras alheias!! heehehehh

      Excluir
  4. Oiii
    sabe que um dia uma pessoa me fez essa mesma crítica, que eu tiro fotos de paisagens sem pessoas... eu fiquei tao triste na época. Eu tiro fotos de paisagens porque elas sao mais inspiradoras do que muita gente por ai!
    bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato! É bem isso que eu penso! E adoro rever lugares e formas e cores que um dia vi ao vivo!
      beijao

      Excluir
  5. Oi Babi!
    suas fotos são ótimasss... continue tirar e mostrar pra gente que gosta..
    por falar nisso essa do Piai arrasou!!!
    beijosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana!! Pode deixar que vou continuar mostrando minhas "obras" pra vocês, ter um retorno positivo é sempre muito bom!!
      beijo

      Excluir
  6. Ai linnnnnnda, linda suas fotos!! Eu tb curto tirar fotos de paisagens, vivo tirando tb(nao sou tao boa quanto vc) mas tento, essa foto do arbusto na praia é simplesmente perfeita, linda!!!
    um bjao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Wilqui!! Pra mim tirar fotos é uma terapia! beijao

      Excluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…