Pular para o conteúdo principal

O fim (de 2012) e o começo (de 2013)

Fim de ano intenso, com visita de papi e mami

com direito a 1 único dia de neve,

passeando no Weihnachtsmarkt.

Visitamos Lüneburg,


Lübeck,




Bremen,







Stade,


e mais a parentada que mora aqui por perto...






E no meio disso tudo ainda teve natal e ano novo!!







Ufa!! Muita, muita coisa mesmo. Ainda estou me recuperando... E pra começar muito bem o ano, nada melhor do que uma jogatina e um chocolate!! hahhahahahhahha





Comentários

  1. Tem mesmo que compartilhar essas fotos maravilhosas! Quantas coisas boas vocês fizeram... Um marco na virada do ano! Não tem nada melhor do que ficar ao lado dos familiares. Não é mesmo? Amei sua árvore!!!
    Beijos e Feliz 2013. Que seja repleto de grandes conquistas e encontros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muita coisa boa mesmo Celi!! Aproveitamos bastante!
      beijao

      Excluir
  2. Uhhh coisa boa!
    Jogatina e chocolate, quer combinação melhor? Rs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exato! Ainda mais quando o dia lá fora nao promete muita coisa!

      Excluir
  3. Que bonito aquele castelinho de Lübeck! E Bremem parece ser muito legal, só conheço o aeroporto e a hauptbahnhof de lá...
    Coisa boa ter a família juntinho pra passar essas datas de fim de ano!
    E Ritter Sport é um vício que não quero mais largar, hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ritter Sport sempre foi meu chocolate favorito!! hummmm

      Excluir
  4. É sempre tão bom recebermos a visitas de familiares ou amigos quando estamos noutro país!
    Ainda bem que pôde passar o Natal e Ano Novo com os seus pais :-)
    E que belos passeios; quase que veio até cá, mas ficou-se por Bremen...
    De certeza que as visitas adoraram esses passeios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Luís, a família da gente é sempre tudo de bom!

      Excluir
  5. Oi Babi!
    espero que agora dê certo, pois já havia escrito o comentário e deu ERROR na hora que cliquei o enter...
    Bom, não sabia que sua família estaria aí, que máximo!
    Vejo que aproveitou então este fim de ano, que bom... pelas fotos estava tudo gostoso hem?!
    eles já se foram?
    Beijosssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que agora deu certo Ana!! Estava tudo muito bom sim!! Já foram embora no comeco de janeiro, ficaram 2 semaninhas!!
      beijo

      Excluir
  6. Menina que fim de ano barra-pesada-puro luxo-morra de inveja- foi o seu, muito bom com familaires e tudo mais, serio morri de inveja(das brancas) rsrs
    Adorei as fotos, adoro sempre, fico imaginando o gosto das comidas, o cheiro dos lugares, o que as pessoas estavam falando, a temperatura, ixi tanta coisa, sao lindas suas fotos amo sempre. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahhahha Foi puxado, mas foi bem bom mesmo Wilqui!! beijokas

      Excluir
  7. Visita especial, que delícia!!
    Gostei das fotos e realmente jogatina e chocolate com esse friozinho, combinação perfeita!!
    Beijo!!

    ResponderExcluir
  8. visita de papi e mami é sempre ótimo ne :)
    é isso ai, tem que aproveitar mesmo. Jogar tbm é bom, faz tempo que nao faco!
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é ótimo mesmo Ingrid! E jogatina é sempre uma boa pedida pra dias frios e chuvosos..

      Excluir
  9. Babi!!!! que legal o seu final de ano ..ainda mais com a visita dos seus pais..ne! adorei as fotos! Apesar de nao curtir muito natal e ano novo...senti muita falta e saudade dos amigos e familia no Brasil....bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marcy! Foi bem legal mesmo! A família da gente faz falta mesmo, natal nunca mais é a mesma coisa quando a gente cresce e tem que passar em outros lugares ou com outras pessoas que nao os nossos queridos...

      bjs

      Excluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…