Pular para o conteúdo principal

Passeio do dia de hoje - florada das macieiras

Estou com várias idéias de posts na cabeca, alguns já tem até fotos, mas tá difícil ter paciência de parar no computador e fazer pesquisas e afins... entao vou compartilhar com vocês as fotos do passeio que eu fiz hoje. Fui ali (sim porque é aqui praticamente na porta de casa) nas plantacoes do Altes Land ver a florada das macieiras!! Na verdade fui é pegar o finzinho só, porque queríamos ter ido no final de semana passado, mas quem disse que o tempo ajudou?? E tirar fotos com tempo nublado é muito sem graca, além de que eu também estava com uma cólica daquelas, já descobriram né que passamos o final de semana plantados em casa mesmo. Dei a sorte de ter decido ir lá hoje! Apesar da ventania danada que estava o passeio foi bem gostoso, quando cheguei em casa descobri que fiz os quase 27 quilômetros em aproximadamente 3 horas, com paradas pros clics e uma breve leitura. Tô hiper cansada, mas valeu muito a pena!!

                       
                                 O caminho percorrido: ida e volta!                                         View Larger Map



a ciclovia














as casa típicas


florzinhas na minha mochila

Comentários

  1. Fotos lindas, as flores entao mais ainda.
    Que bom o sol ajudou, passeio com mal tempo nao dá mesmo!!
    Aqui ainda nao tem flores como ai nao, agora que os brotinhos das arvores comecaram aparecer.
    Eu tb ando ansiosa por um clics, curto fotografar.
    bjs linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wilqui!! As coisas por aí acontecem mais tarde né?!! Por aqui já está tudo verdinho, acho que todas as plantas já rebrotaram... é tão bonito!! Agora só falta esquentar um pouquinho mais, mas só um pouquinho porque eu odeio calorão... ehheheh

      Ahh eu sou apaixonada por uns clics, é tão divetido!!!

      beijos pra você também

      Excluir
  2. Ah, eu também fico encantada com as macieiras em flor!! Tão lindas...
    Outra coisa que me enche os olhos, nesta época, é ver os campos de Rapsol, amarelos, lindos, lindos... pena que não tirei nenhuma foto, mas acho que ainda dá tempo :-) Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente aqui perto de casa não vi ainda nenhum campo de Raps, acho que não tem muitas plantacões aqui perto de Hamburg... mas também acho maravilhosamente lindos!

      beijos

      Excluir
  3. oi Babi!
    que legal ver este post seu, pois eu vi varias arvores desta, LINDAS!!! branquinhas e não sabia que eram macieiras... que legal!!!
    adorei as fotos...
    beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao sei se todas a branquinhas sao macieiras, porque afinal nao entendo nada de botânica, ainda mais aqui tem muitos tipos diferentes de árvores e plantas do que a gente está acostumado no Brasil... mas acho que lá por agosto você vai poder confirmar... hehehheh... Tem cada coisa interessante pra ver né, é tanto detalhe, tanta cor, tanto cheiro diferentes...
      beijoooo

      Excluir
  4. Que lindo tudo, as fotos, o lugar...
    Eu também acho que são macieiras, pois já havia algumas árvores com flores branquinhas nas plantações antes que eu achei que eram macieiras e meu pai disse que eram Pflaume (ameixa?). Essas já estão verdinhas e sem flores, então agora sim devem ser as macieiras.

    Amei o post!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Dani!

      é, as macieiras florescem um pouco depois das ameixas, cerejas e afins... pelo menos foi o que aconteceu nas plantacoes por aqui... fiquei acompanhando pela internet quais árvores estavam floridas e tal... foi divertido...

      beijos

      Excluir
  5. Adoro passeios assim! Dá um cansaço físico, mas a cabeça fica descansadinha =) Bjs, Babi!

    ResponderExcluir
  6. Que lugar lindo!! E as fotos ficaram ótimas!! :) Usando as funções "novas" da máquina?? Hihi!
    Beijos!
    Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, estou testando muitas funções "novas"... mas tem horas que dá preguiça também... hehehhe
      beijos

      Excluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…