Pular para o conteúdo principal

Sorteio

Volta e meia blogueiros fazem sorteios por aí, seja para comemorar aniversário do blog, seja por qualquer motivo... Eu participo quando gosto muito do blog, quando acompanho com frequência... Mas nunca tinha ganhado nada, até o último de que participei! Foi lá no blog da Sandra, Fondue e Chocolate! Fiquei tão, mas tão feliz! O pacotinho chegou na terça, mas por sacanagem do entregador tive que ir buscar ontem na filial do correio. É que eu agora tenho um sobrenome mala, que tem quinhentas mil consoantes juntas, o que dificulta a escrita, especialmente pra quem não está acostumado (sejamos realistas, estou casada há mais de 3 anos e ainda esqueço/troco letras...), aí tinha uma letra faltando e o cara disse que não poderia entregar e tal e coisa, mas ele se disse "gente boa" por deixar ir pra filial, o certo seria mandar de volta ao remetente! Acho que tinha medo de que estávamos enganando ele, que o pacote era pra outra pessoa. Quase mandei ele procurar alguém na Alemanha inteira que tenha um nome como o meu!! Duvido que encontre, especialmente porque eu mantenho meu sobrenome de solteira, e sobrenomes compostos aqui na Alemanha são muito raros. Enfim... Sandra, muito obrigada pelas guloseimas e pelo carinho de sempre, é uma delícia te acompanhar no seu blog!

Comentários

  1. Que bom ganhar não é mesmo? Eu também adoro, e a gente fica por anos lembrando do carinho da pessoa (principalmente quando é assim, um blog pessoal quem presenteou).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom mesmo Mari!! Com certeza vou levar sempre na lembrança o carinho que recebi naquela caixinha!!

      Excluir
  2. Parabéns Babi! Eu tava louca pra ganhar, mas como nunca, nunquinha, ganhei um sorteio, rifa ou achei dinheiro na rua, sabia que podia perder as esperanças! hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana! Olha que a minha foi a primeira vez... continue tentando, um dia você ganha também!!

      beijinhos

      Excluir
  3. Aaah que máximo! Adoro esses sorteios de blogs, acho muito carinhoso da parte de quem o faz. Parabéns pelo prêmio!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho Grazi! Muito carinho pelos leitores né?! E obrigada!

      Excluir
  4. Os alemães e a sua flexibilidade, rs... custava o cara ter tocado a campainha e perguntado?, rs... mas ainda bem que você conseguiu pegar a caixa no correio :-).
    De verdade, fiquei feliz que você foi uma das sorteadas! É muito melhor quando alguém que acompanha o nosso blog de verdade, ganhe um sorteio! Bjs e aproveite os chocolates :-).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Sandra! Se tivesse sido o entregador que sempre vem, nem teria tido problema. Mas era outro e ele tocou a campainha e tudo, nem tinha percebido essa do sobrenome, só quando foi anotar que o pacote tinha sido entregue é que ele viu que não batia exatamente como que estava escrito na porta, e aí deve ter ficado com medo, ou sei lá... disse que não podia entregar... Ficamos depois tentando entender... Mas ainda bem mesmo que ele deixou lá na filial, senão vc ia receber a caixa de volta.... hehehheh

      beijosss

      Excluir
  5. Oi flor,
    que delicia, muito bom ganhar esses presentinhos. Uma vez fui sorteada no blog da \nina, amei...
    Estou sempre lendo os posts Babi, mas não estou escrevendo devido aqui ser tudo muito corrido, minha mae me chama pra tudo, toda hora... rsrsr
    depois do carnaval estou de volta na Alemanha, mas sossego..
    E o filhote? tudo bem?
    beijinhos pra voces

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Delicinha mesmo, eu adorei ser a contemplada dessas delícias!

      Ahh nem se preocupe, eu tb com muita frequencia leio mas não dá tempo de comentar porque tenho que dar atenção ao pequeno.

      O Leopold está bem, saindo a segunda leva de dentinhos, e cada dia aprendendo uma coisa nova, uma graça!

      beijos pra vocês também

      Excluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…