Pular para o conteúdo principal

esses dias atrás - Wilhemsburg, Ohlsdorf, Hafen Geburtstag

Faz um tempão que não escrevo por aqui... não muito por falta de idéias, mas também por falta de tempo e de criatividade e de paciência... 
Finalzinho de março começaram minhas aulas de alemão que fui obrigada a fazer pra poder renovar o visto no ano que vem... o nível era bem mais básico que o que eu na realidade tenho, mas era o mais avançado dos que são exigidos pelo departamento de imigração... Tive pouco mais de um mês de aulas de alemão e depois disso mais 2 semanas de história e política alemã... dessa provinha já recebi o resultado, 25 questões acertadas das 25 questões da prova.. o resultado da prova de alemão mesmo deve chegar em 1 ou 2 semanas... assim acredito. As minhas aulas eram quase todos os dias à tarde, não me sobrava muito tempo de fazer outras coisas, cuidar de uma casa não tarefa fácil quando não se passa muito tempo nela... heheh... Nossos passeios ficaram  restritos aos fins de semana, sorte que tivemos dias bem bonitos por aqui, andamos bastante de bicicleta, cada vey indo mais longe...
No dia 01 de maio, que foi um domingo, aproveitamos pra ir procurar um moinho de vento que a gente viu certa vez da Autobahn, consegui achar ele no google maps e com as instrulções do mesmo fomos de bicicleta até lá.. passeio bem interessante, o bairro é mais bonitinho do que a gente imaginava... Algumas fotos pra vcs verem:
Wilhelmsburg
Wilhelmsburg
Wilhelmsburg
Wilhelmsburg
Tem mais fotos no facebook, lá é mais prático de colocar as fotos do que colocar todas aqui, também porque a gente tira muitas fotos... hehehheh
No sábado seguinte, fomos visitar um cemitério bem grande que eu sabia que tinha aqui na cidade, mais uma vez fomos com as bicicletas... Quem quiser saber mais sobre ele tem infomações aqui: http://www.friedhof-hamburg.de/, o que é muito doido é que o cemitério parece um parque, eu achei isso muito legal, definitivamente não tem cara de cemitério.
Ohlsdorfer Friedhof
túmulos de soldados da II Guerra
Ohlsdorfer Friedhof
Ohlsdorfer Friedhof
Ohlsdorfer Friedhof
Legal né??! Gostaram das fotos?? Eu achei esse lugar muito bonito e tranquilo, longe do povo que adora fayer churrasco no parque que aqui tem de monte.
Agora a parte mais legal daquele fim de semana é que era o aniversário do porto aqui de Hamburg e isso aqui é uma comemoração gigantesca, vem um monte de gente e navios e barcos de vários lugares.É tradicional que na sexta-feira os navios fazem um "desfile" entrando no porto, e no domingo, o mesmo desfile, mas os barcos saindo do porto... como eu ainda tinha aulas na  sexta, fomo lá ver a saída dos navios... Lotado de gente, ainda mais porque era um dia de sol, e os alemães adoram sair em dias de sol, então imaginem a muvuca que estava. Apesar de demorar um tempão pra encontrarmos algum lugar decente pra se encostar e ver alguma coisa valeu a pena, foi bem legal, muitos barcos e navios passando na nossa frente, em alguns os "marinheiros" davam tchauzinho pra galera que estava assistindo. Obviamente a parte mais emocionante foi a saída do Queen Mary 2, uma navio de cruzeiro gigantesco q também veio pra festa.
eu e o Queen Mary 2
abertura
Hafengeburtstag
Hafengeburtstag
Hafengeburtstag
Hafengeburtstag
navio de cruzeiro de tamanho "normal"
Queen Mary 2
Nossa, esse negócio de colocar todas as fofocas em dia é trabalhoso hein, ainda mais quando inclui fotos... acho que vou deixar o resto pra outra hora... mas não se preocupem que dessa vez não pretendo demorar mais tanto, na veradade quero terminar as atualizações antes do papi e mami virem no fim de semana que vem pra poder escrever sobre a visita deles o mais breve possível.

Comentários

  1. Carla
    Carlakoni@yahoo.com.br
    Enviado em 20/06/2011 as 15:28
    Olá amados!!
    Lindas fotos!!
    Belos passeios!!
    Muita saudades de vcs!!
    Beijos e abraços!!
    Carla e Silvaney


    Lukas Gabriel Grzybowski
    Enviado em 19/06/2011 as 9:05
    o tempo ajudou mesmo… a maior seca dos ultimos 50 anos por aqui… muitos dias sem chuvas = muitos passeios… agora jah tah invertendo a história… chuva todo dia!!

    Carla M.
    Enviado em 19/06/2011 as 3:56
    Lindas as fotos!! Passear de bicicleta nesse verãozinho alemão deve ser um delícia!!
    Beijo!!

    mi stumm
    Enviado em 18/06/2011 as 22:45
    que lindo esses lugares!!!! quero ir até pra fazer turísmo tbem!!!!! bjus

    Claudenice
    Enviado em 18/06/2011 as 18:05
    Muito lindo, amamos as fotos!!! Bjinhos de todos aqui.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Conte-me o seu segredo...

Postagens mais visitadas deste blog

torta alemã

Alguém sabe me dizer a origem da chamada torta alemã? Porque aqui na Alemanha mesmo, nunca vi nenhuma torta desse tipo como a que conhecemos no Brasil... 
Dei uma pesquisada no google, mas não tive muitas respostas não. As duas versões que me fizeram mais sentido foram: 1- que uma descendente de alemães lá em Santa Catarina ficou com saudades das tortas da sua terra natal e adaptou uma torta com os ingredientes encontrados ali; 2- que seria uma versão do conhecido Kalter Hund, que a torta alemã teria em diferente um creme de manteiga e creme de leite ao invés do chocolate como recheio. E aí, alguém tem palpites?? Ou já viu uma torta alemã na Alemanha??

A diferença entre Quark e ricota

Quando tínhamos ainda vacas na fazenda, lembro que a mami fazia a tal chamada ricota pelos brasileiros, mas a gente lá em casa sempre chamou de "quark"... beleza, depois que vc tem que procurar o negócio no mercado se acostuma com o nome ricota, que todo mundo diz que é o do tal negócio... E é uma coisa que eu gosto muito de comer... Um tempo atrás decidi que queria comer panquecas, e prá mim a melhor delas é a recheada com ricota! Vamos então no mercado comprar "quark" que é prá ser o mesmo que a chamada ricota no Brasil... Mas não é a mesma coisa não!!! Primeiro a consistência é bem diferente, o quark é bem mais macio que a ricota, e também bem mais azedo... A ricota brasileira é meio esfarelenta, mais seca, o quark é um creme, uma pasta bem fácil de passar no pão por exemplo. Foi então pesquisar na internet, prá descobrir então se por acaso não existia uma diferença entre eles, já que eram tão diferentes... achei que a principio fosse só uma diferença de nomenc…

Odeio ser chamada de tia

Cresci em família de descendência alemã, pra mim sempre foi super normal chamar meus tios e tias de Onkel e Tante, até hoje não consigo me referir à eles sem esse pronome (se é que o nome é esse mesmo, mas vocês entendem o que eu quero dizer). Pra mim tia era o  nome pelo qual as minhas amigas chamavam a minha mãe e a mãe de todos os amiguinhos da escola. No Brasil isso é super normal, pelo menos lá onde eu cresci. É meio que costume chamar pessoas mais velhas de tio ou tia, um sinal de respeito. Então pra mim, esse negócio de tia sempre pega por esse lado. Meu maior terror quando voltar aos Brasil é voltar a ser chamada de tia (me arrepio só de pensar). Pra piorar sobrinhos do marido foram ensinados a me chamar de tia, já sentiram a minha reação né?!  arrepios... É ainda pior quando adultos se referem a mim com esse “pronome”, ui, mais arrepios... Por isso meus filhos vão chamar seus tios de sangue de Tante e Onkel, assim como os avó são Opa e Oma. Gente, não consigo me referir a par…